Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 38 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração Tanuza Oliveira.

Aos 79 anos, morre Luiz Teixeira, da Norcon. Não foi de Covid-19
Compartilhar

Luiz Teixeira: morre o terceiro filho de Oviedo Teixeira

Faleceu no começo da tarde deste sábado, 24 de abril, aos 79 anos, o empresário e engenheiro civil Luiz Teixeira, um dos mantenedores da Construtora Norcon desde 1965 ao lado do irmão Tarcísio Teixeira.

A morte não foi em decorrência da Covid-19. Há cerca de 16 anos, Luiz Teixeira vinha travando uma luta incansável contra um câncer. “Ele finalmente descansou”, sintetizou o irmão Tarcísio agora há pouco.

“Lamento profundamente o seu falecimento. Sergipe perde um grande empresário e um excelente engenheiro. Como seu cunhado, me solidarizo com a toda a família enlutada. Maria Celi soma comigo de iguais sentimentos e pesar”, disse o empresário Luciano Barreto, do Grupo Celi.

Luiz Teixeira é o terceiro dos sete filhos do empresário Oviedo Teixeira e de Alda Teixeira - pela ordem, são José Carlos Teixeira, que era o único falecido até agora, Gilza Teixeira, Luiz Teixeira, Tarcísio Teixeira, Maria Celi Teixeira Barreto, João Teixeira e Ana Maria Teixeira.

Nos anos 60, Luiz fez Engenharia entre Curitiba, no Paraná, e Campina Grande, na Paraíba. Nos meios políticos e econômicos sergipanos circulava uma história divertida, inclusive repetida por ele, sobre a volta dele a Sergipe depois de formado.

Um governador de Estado da época chama Oviedo Teixeira em Palácio e lhe diz que tem um emprego no DER para Luiz, o novo engenheiro.

Oviedo, naquele jeito itabaianense, muito direto, diz que não formou filho para ser funcionário público, agradece e promete que Luiz vai ser um empreendedor.

A seguir, Oviedo montou uma saboaria para Luiz Teixeira tocar a vida. Disso, resta a apenas a inscrição do nome da empresa no frontispício do prédio da Concessionária Cimavel. Não deu certo.

Tarcísio Teixeira: “Luiz foi muito importante na minha vida”

Em 1965, a Norcon fora comprada do empresário Gercy Pinheiro por Oviedo Teixeira e por Paulo Figueredo. A intenção de ambos era a de colocar de cara com o empreendedorismo os respectivos filhos Luiz Teixeira e Luciano Barreto, ambos engenheiros.

A posterior, entraram na sociedade Tarcísio Teixeira, pelo lado de Oviedo, e Adilson Barreto, pelo de Paulo. Por volta de 1968, os Barreto saíram da sociedade, Luciano mantou a Construtora Celi, e Luiz e Tarcísio seguiram juntos.

Sob o comando deles, a Norcon fez história em Aracaju, construiu mais de 20 mil imóveis, muitos de classe média, mas recentemente entrou em recuperação judicial. “Luiz foi muito importante na minha vida. Nós fomos sócios desde o início e ainda continuamos sócios até agora. Começamos juntos desde 1965 na Sociedade Nordestina de Construção Civil - Norcon”, relembra Tarcísio.

Aparentemente tímido, mas de boa memória e boa afetividade, Luiz Teixeira era um sujeito benquisto no mundo cultural de Sergipe. Era uma espécie de mecenas calado, do tipo que fazia o bem e não dizia a quem.

Isso sempre cativou o cunhado, amigo, colega de profissão e ex-sócio Luciano Barreto, que era, durante o longo período da doença, o ser familiar mais próximo dele e da nova família que ele constitui.

Luciano Barreto vinha acompanhando tudo de perto na saúde de Luiz. No começo desta tarde, diante da morte, ele emitiu uma nota sentida.

Luciano Barreto: assistência até última hora e reconhecimento da importância

“Acaba de falecer o empresário Luiz Teixeira, da Norcon, após longa enfermidade. Nos tornamos amigos ainda no ginásio e fomos colegas no excelente Ateneu”, disse Luciano.

E evocou mais da relação dos dois. “Descolamos para Bahia fazer o segundo grau e nos preparar para o vestibular de Engenharia. Escolhemos Campina Grande, onde fomos aprovados. Por circunstâncias locais, me transferi para Politécnica da Bahia e ele para o Paraná. Após três anos em Jequié, nos associamos na Norcon. Irrequieto, resolvi começar a Celi. Ele fez da sua Construtora uma das maiores do Nordeste. Continuamos amigos durante todo o tempo”, disse Luciano.

O corpo de Luiz Teixeira vai ser sepultado no cemitário Colina da Saudade, neste domingo, às 14 horas. 

Matéria atualizada às 20h12min, do dia 24-04.

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.

Marilena Gomes
Luiz Teixeira, em seu silêncio profundo, descansou. Deus o acolha.
Miriam
Minhas condolências a toda família enlutada, especialmente à sua amada esposa Ceiça Teixeira, que durante toda a enfermidade, cuidou dele com muito AMOR e total dedicação. Descanse em paz, Sr. Luiz.
Aminntas Tiuba
Meus sentimentos a toda família!
João Braga
Recebam meus sinceros sentimentos. Me compadeço da dor de vocês, rogando a DEUS que conceda ao Sr. Luís Teixeira bem aventurança eterna, amém. João Braga