Aparte
Roteiros Gastronômicos de base comunitária serão incentivados numa parceira da Setur com Embrapa, Sebrae e UFS

Sergipe e outros Estados do Nordeste buscam outras tangentes pro turismo

O secretário de Estado do Turismo, Sales Neto, reuniu-se com uma equipe multidisciplinar, envolvendo Secretaria de Turismo, Embrapa, UFS, Sebrae para tratar de turismo gastronômico/rural de base comunitária no Estado.

O supervisor do Setor de Inovação e Tecnologia da Embrapa - Alimentos e Territórios, Aluísio Goulart, fez toda a explanação do projeto Roteiros Gastronômicos, que vai ser financiado pelo BID nos Estados de Sergipe, Alagoas e Pernambuco. 

O objetivo é potencializar o turismo sustentável em paisagens alimentares da Região Nordeste do Brasil, nos cenários de mudança climáticas e pós-pandemia.

O projeto irá trabalhar cinco cadeias produtivas: Mel e maricultura; Lácteos; Engenho; Frutas nativas, e mandioca.

Também participaram da reunião o pesquisador da Embrapa, Tabuleiros Costeiros, Jeffersson Legat, o chefe de PDI da Embrapa, Alimentos e Territórios, Ricardo Elesbão, o chefe geral da Embrapa, Alimentos e Territórios, João Flávio, o gestor da Rota do Engenho, Fábio Dickson, o gerente da Unidade de Atendimento Coletivo do Sebrae, Thiago Oliveira, a analista Técnica do Sebrae, Bianca Faria, o professor de Turismo da UFS, Denio Azevedo, o presidente do Instituto Beeva, Geraldo Barros, e a diretora Executiva do Instituto Beeva, Jannyne Barbosa.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.