Aparte
Zezinho Sobral se equilibra entre ônus e bônus da liderança do Governo na Alese

Zezinho: “É necessário trocar informações, buscar os esclarecimentos para a situação e a oposição”

O deputado estadual José Macedo Sobral, o Zezinho Sobral, do Podemos, é líder do Governo Belivaldo Chagas, PSD, na Assembleia Legislativa de Sergipe - Alese -, desde janeiro de 2019, quando assumiu o mandato.

Desde então, assume os ônus e bônus dessa função, que ele define como “importante e gratificante”. Segundo Zezinho Sobral, liderar a bancada do Governo requer muito trabalho e responsabilidade.

“Tenho que estudar cada projeto, discutir todos, estar apto a responder aos questionamentos tanto da oposição quanto da bancada govenista, tirar dúvidas, esclarecer e dar conhecimento à população do que efetivamente está acontecendo”, relata.

E, neste momento de pandemia, as atribuições vão um pouco mais além. “Há uma sobrecarga de trabalho. Podemos fazer as sessões remotas, mas os processos são físicos, temos que emitir os pareceres. É função do líder do Governo opinar em todos os projetos, discutir as emendas, fazer contato entre o Governo que encaminha os projetos, dialogar com os deputados sobre seus projetos, etc”, reitera ele.

Há também os projetos que chegam à Alese por meio do Ministério Público, do Tribunal de Justiça, da Defensoria e de outros órgãos que têm a sua independência funcional - além dos de autoria dos próprios deputados.

Eles também demandam, segundo o deputado, que o líder compreenda as suas circunstâncias, o histórico, o que pode ser alterado ou o que pode ser mantido.

“É uma função que exige mais do deputado. Além de cuidar dos meus próprios projetos, tenho que cuidar de todos os projetos que chegam para votação. É, realmente, uma missão importante”, reforça.

Zezinho é, no fim das contas, um elo entre os deputados e o Governo. “É necessário trocar informações, buscar os esclarecimentos para a situação e a oposição”, diz.

“É possível prestar esclarecimentos, debater com os deputados ou ser demandado por eles para criar pontes de diálogo com as áreas mais sensíveis do Governo como Saúde, Educação, Segurança, Fazenda, etc. Também temos que intermediar, articular e discutir determinados projetos para que os deputados tenham conhecimento prévio e apresentem modificações, caso seja necessário”, explica.

O próprio governador Belivaldo Chagas, no evento de inauguração do primeiro trecho da Orla Sul, na semana passada, parabenizou Zezinho pela atuação na liderança e reconheceu que essa função tem ônus e bônus.

Vale lembrar que Belivaldo foi deputado estadual durante quatro mandatos. “A demanda é bem maior, mas é também uma experiência muito gratificante porque passamos a conhecer profundamente as questões legislativas, a capacidade de evoluir com a legislação, a oportunidade de contribuir de forma efetiva na construção de soluções que possam ajudar o Estado”, avalia Sobral, concordando com o resumo feito pelo governador.

E o ônus? “Enfrentamos a oposição que não vê ação positiva de Governo. Sou vítima muitas vezes de ataques e de fake news em função de informações absolutamente equivocadas. Há pessoas que criticam sem saber exatamente o porquê da crítica”, diz ele.

“Às vezes, somos atacados por uma coisa que não tem uma repercussão ou não traz uma consequência real e positiva à vida das pessoas. Estou sempre disposto a enfrentar, dialogar sempre respeitosamente, a informar e não tenho nenhuma dificuldade quanto a isso”, afirma.

Independentemente da função, Zezinho garante que segue trabalhando muito com o objetivo de cuidar do povo de Sergipe, fiscalizar obras, mostrando as ações do Pró-Rodovia, BR-101 etc.

“Rodo todo o Estado para mostrar as obras, conversar com as pessoas, trazer demandas. A Secretaria de Educação está distribuindo 150 mil kits de alimentação, eu vou até as escolas acompanhar isso e, inclusive, verificar todas as obras de melhorias. Teve a inauguração da Orla Sul, que é importantíssima para o turismo, o ciclismo e o lazer, e eu estava lá”, ressalta.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.