Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 39 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração / Tanuza Oliveira.

Fábio Mitidieri diz que vai investir em políticas públicas para combater violência contra as mulheres
Compartilhar

Fábio Mitidieri: mais pelas mulheres

O pré-candidato ao Governo de Sergipe pelo PSD, deputado federal Fábio Mitidieri, entende que as mulheres, historicamente, não têm as mesmas condições e oportunidades que os homens. E pior que isso: que são constantes vítimas de violência.

Dados recentes da Secretaria de Segurança Pública  informam que houve um aumento de 34,4% de feminicídios, em Sergipe. Por isso, neste dia de Combate Estadual ao Feminicídio Fábio Mitidieri destaca que seu plano de Governo pretende combater essas práticas e oferecer maior suporte para as vítimas.

Ele pretende ampliar propostas como a do Programa Mulher Mulher, que oferece oportunidade de trabalho para mulheres vítimas de violência doméstica monitoradas pelo Estado e capacitar egressas e apenadas no mercado de trabalho, para que essas mulheres quando estiverem em liberdade, consigam emprego e não retornem ao mundo do crime. Assim como a intensificação e a ampliação por todo Estado do Projeto Homem com H, que trabalha questões da violência com homens agressores para educar e conscientizá-los.

Além de reforço em campanhas de educação sexual focadas em diminuir a transmissão de ISTs - Infecções Sexualmente Transmissíveis - por ausência de informação sobre o uso de preservativos. Implementação da Casa da Mulher Brasileira, local de acolhimento para as mulheres que são violentadas. Ampliação da Ronda Maria da Penha por todo o Estado.

Criação de uma bolsa emergencial para mulheres em situação de vulnerabilidade: auxílio temporário para receberem enquanto se capacitam para o mercado de trabalho e, assim, não se sujeitar aos agressores que são provedores do lar.

Para Fábio, é muito importante atender as necessidades das mulheres sergipanas. “É uma questão de justiça social. Mulheres correspondem a 51,03% da população. É fundamental assegurar autonomia e investimento financeiro para realização de políticas mais eficientes”, diz ele.

“Quero estruturar o Plano Estadual de Políticas Públicas Direcionadas às Mulheres para que seja feito um levantamento de diretrizes que possam orientar municípios a aderir aos programas governamentais federais e também estadual de combate às desigualdades de gênero”, ressalta.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.