Aparte
Fábio Mitidieri diz que ação de Meireles nas reformas dificulta o eleitoral

Fábio Mitidieri: situação e Lula não é fácil

O deputado federal Fábio Mitidieri, PSD, disse a esta coluna que, além da sua pretensão natural de votar em Luiz Inácio Lula da Silva, PT, teria dificuldade de seguir a eventual candidatura do seu partido, via Henrique Meireles, por discordar das reformas que o Governo Michel Temer tenta impor ao país e que tem Meireles como “paraninfo”.

Fábio Mitidieri chega a admitir méritos a Henrique Meireles, como ministro da Fazenda. “Aliás, o Henrique Meireles é a única que coisa que ainda mantém este Governo ainda em pé. Mas, politicamente, eu tenho dificuldade com Henrique Meireles, porque sou contra as reformas do Governo Temer”, disse o parlamentar.

“Eu voto em Lula. Se Lula não for candidato e meu partido apresentar um candidato, eu converso com meu partido. Eu vou ter que ver quais são opções. Não vejo nenhum na direita que me atraia e nem na esquerda, apesar de achar que Geraldo Alckmin seja um nome interessante. Na esquerda, temos Ciro Gomes que, embora seja explosivo, é competente. Aí acabaram os nomes. Não vejo mais ninguém”, diz o parlamentar.

Pela observação de Fábio Mitidieri, a situação jurídica de Lula não é das melhores. “O cenário se desenha para a condenação de Lula. Antes de receber a peça, o juiz disse que a condenação aplicada a ele foi irrepreensível. A chefe de gabinete anda dele fazendo postagem contra Lula. Acho que Lula não consegue a absolvição. Embora caiba vários recursos e ele pode, em outras instâncias, obter, até porque contra Lula não existe nenhuma prova concreta. Não é como Aécio Neves, e o cara está aí solto”, afirma Fábio