Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 39 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração / Tanuza Oliveira.

Governo de Sergipe aponta “mentira” de Antonio Samarone  em texto sobre o Hospital de Amor
Compartilhar

Governador Belivaldo Chagas e Henrique Prata em visita ao do Hospital de Amor, em Barretos, SP

O Governo do Estado de Sergipe reagiu com indignação e dados diferentes ao texto de autoria do médico Antonio Samarone, “Hospital de Amor, uma maravilha que o Governo de Sergipe rejeita”, publicado nesta Coluna Aparte na sexta da semana passada.

Com o título de “Samarone fala como se fosse representante do governo estadual e mente quando cria opinião do governador Belivaldo Chagas sobre o Hospital de Amor”, a Superintendência de Comunicação do Governo do Estado remeteu a esta Coluna o seguinte texto:

"O Governo do Estado de Sergipe afirma que o governador Belivaldo Chagas recebeu em seu gabinete no último dia 8 de março o empresário Henrique Prata para tratar de questões relacionadas à instalação do Hospital de Amor em Sergipe, no município de Lagarto.

Belivaldo Chagas e Henrique Prata: Governo quer fazer convênio com o Hospital de Amor

O governador sempre foi um grande entusiasta e parceiro da instituição, tendo visitado a sede da hospital em Barretos-SP no ano de 2019, e recebido o Dr. Henrique Prata e sua equipe naquele mesmo ano para discutir soluções ao setor de tratamento ao câncer na rede pública de Sergipe.

Ainda com a intenção de estabelecer diversas outras parcerias, uma equipe do Hospital de Amor foi recebida pelo governador e pelo reitor da Universidade Federal de Sergipe, Valter Joviniano, no último dia 20 de abril para que a expertise de 60 anos da entidade pudesse potencializar ainda mais os serviços prestados no recém-inaugurado Centro Especializado de Reabilitação - CER-IV.

Os técnicos do hospital, capitaneados pelo coordenador do projeto de reabilitação, Dr. Daniel Grossi Marconi, também estiveram visitando as instalações do CER-IV ao lado da equipe da Secretaria de Estado da Saúde - SES. A expectativa é que um convênio seja assinado entre Governo de Sergipe e Hospital de Amor para que este faça a gestão do centro.

Belivaldo Chagas já discutiu algumas vezes com a UFS parcerias para o Hospital de Amor

Há ainda na Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe um projeto de lei de reconhecimento de utilidade pública do Hospital de Amor, de autoria da deputada estadual Goretti Reis.

A indicação é uma atribuição exclusiva do Poder Legislativo Estadual, que não depende da opinião de técnicos  da Saúde do Estado, como insinua Antônio Samarone em nota publicada nas redes sociais.

Resta saber se o ex-vereador não sabe o que está escrevendo ou se a sua intenção é de politizar um tema tão delicado e importante que é o tratamento das pessoas com câncer em Sergipe”.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.

Elito Hora Fontes Menezes
Se é a palavra de um contra a palavra do outro o jogo político fica no 1x1. Só questiono do por que então o Governo do Estado nunca divulga esse interesse e compartilhamento com relação a sua aprovação? O que então o impede de divulgar algo tão importante para o Estado enquanto que o HOSPITAL DO CÂNCER de saudosas promessas não sai da mesmice de sempre?
CARLOS AUGUSTO DE SANTANA
Bom Dia, Não sou defensor e nem Advogado de ninguém, mas beira ao cinismo e irresponsabilidade ler o que o Srº Samarone afirma. Como compreender e aceitar que um governo, qualquer governo, possa não querer um Hospital de tamnaha importância e magnitude? Qual foi o parâmetro que o doutor Samarone utilizou para tecer tais comentários e afirmações? Por quê, agora, em final de governo e em plena campanha eleitoral, Belivaldo iria recusar, fazer vista grossa ou tentar empacar um hospital desseporte? Estranho é ver que só agora, perto das eleições, que o doutor vê essa má vontade do governador. Não acredito, em sã consciência, que quqlquer governo ficaria contra essa obra tão importante para o Estado, até porque os custos não irão cair no colo do atual mandatário de nosso querido Sergipe!!