Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 38 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração Tanuza Oliveira.

Grupo liderado por Danniel Costa ganha eleição da OAB de Sergipe
Compartilhar

Danniel Costa: três anos para cumprir o que prometeu em campanha

Com 394 votos de frente, o advogado Danniel Alves Costa ganhou nesta terça-feira, 16 de novembro, a eleição para a Presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Estado de Sergipe.

A vitória de Danniel Costa impôs uma forte derrota ao presidente Inácio Krauss, que tentava a reeleição, e ao grupo liderado pelo ex-presidente de três mandatos, Henri Clay Andrade, que lhe apoiava, indicando inclusive a candidata a vice-presidente Ana Lúcia Aguiar.

Danniel Costa foi alvo de 3.038 votos e Inácio Krauss, de apenas 2.644. A participação de advogados, no fim de pandemia, foi considerada boa: 5.869 deles foram às urnas. Setenta e sete votaram em branco e 110 anularam seus votos. Foi uma das maiores diferenças em disputa da OAB nos últimos tempos.

Jovem, com apenas 38 anos, o advogado Danniel Costa superou esse suposto déficit de inserção com uma enorme e plácida coragem de ir pra cima dos que chefiavam a Ordem desde 2016, expondo fraquezas e falta de comando. Foi compreendido e acolhido.

Em contrapartida a essa postura, Inácio Krauss  acocorou-se pálido frente ao medo e não combateu de perto a avalanche de acusações do oponente. Foi incompreendido e rejeitado.

Os projetos de marketing e comunicação das duas campanhas foram tocados por dois bons profissionais da área, Cícero Mendes e David Leite - este fez Inácio Krauss e aquele, Danniel Costa.

Cicero priorizou com precisão e presteza marketing e comunicação social. David erigiu uma solar catedral ao marketing e pôs um iceberg sobre a comunicação.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.