Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 38 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração Tanuza Oliveira.

Manelito Menezes Neto, do Grupo Samam, será sepultado às 11 horas
Compartilhar

Manelito Menezes Neto: marcou as empresas Samam

Será sepultado às 11 horas da manhã desta sexta-feira, 12 de fevereiro, o corpo do empresário Manelito Menezes Neto, de 56 anos, superintendente do Grupo Samam, um pool de 12 empresas sergipanas nascidas a partir da matriz Samam, revendedora dos automóveis Fiat no Estado de Sergipe.

Manoel Aguiar Menezes Neto foi vítima da Covid-19. Ele fora internado no dia 27 de janeiro, a seguir submetido a uma intubação, teve o problema da Covid debelado, mas desenvolveu outros complexidades em razão da condição de transplantado renal que ele era.

Na última segunda-feira, dia 8, o irmão dele, Henrique Brandão Menezes Júnior, dava a esta Coluna Aparte boas notícias a respeito de Manelito Neto e alimentava a expectativa de que ele fosse desintubado em breve.

“A parte da Covid já foi resolvida. O foco maior agora é no rim, que já era um problema. Ele é transplantado e o rim dele está sofrendo muito com os medicamentos”, disse Henrique Júnior.

O Grupo Samam, ainda liderado pelo patriarca Henrique Brandão Menezes, de 82 anos e que tinha a superintendência de Manelito, é composto por 12 empresas e gera cerca de 3,5 mil empregos diretos.

Na campanha de combate ao coronavírus, o Grupo Samam doou seis mil litros de álcool em gel para a Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju no ano passado. Entre as empresas deles está a Taquari, usina de açúcar e álcool.

Antes de Manelito, no dia 4 de setembro do ano passado o Grupo Samam perdeu para a Covid-19 outra figura muito especial e querida na pessoa de Cezar Vasconcelos, que gerenciava a Serigy, concessionária do grupo que revendia a marca Honda. Era funcionário há mais de 25 anos.

O corpo de Manelito Menezes está sendo velado no Osaf e será sepultado no Cemitério São Benedito. Ele deixa duas filhas. Os pais, Henrique Brandão Menezes e Carmen Vieira Menezes, o irmão, as duas irmãs, as filhas e os demais familiares se admitem arrasados com esta morte.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.

Bernardo Lima
Minhas condolências aos familiares. Sentindo muito a perda de um amigo de quem recebi sempre as melhores atenções.
Socrates Andrade
Não entendi, morreu infelizmente de covid 19, ei corpo está sendo velado na osaf.
Darlison
Meus pêsames a todos 😢😴😢 familiares
Pedrinho Barreto
Lamentável a partida precoce do amigo de juventude Manelito. Mané (como assim eu chamava), fará muita falta a todos nos. Rogo a Deus força a família, em especial a D. Carmita e Sr. Henrique.
Ligia Sales
Sentimos profundamente. Nossis sentimentos para toda a família.
Fatima Escariz
Um grande e querido amigo! Estamos desolados!
Marcelo Ribeiro
Profundamennte lamentável. Abraços solidãrios para toda a família