Aparte
Tanuza Oliveira

Jornalista desde 2010, com formação pela Unit e atuação em veículos impressos e em assessorias de comunicação em Sergipe. É repórter Especial do JLPolítica desde 2017.

MDB Mulher estima 120 pré-candidatas para 2020
Compartilhar

Ana Paula Menezes: “MDB é partido que preza pela democracia”

Esta semana foi marcada pela realização das convenções partidárias, permitidas até esta quarta-feira, 16, e muitos partidos lançaram mais candidaturas femininas do que nos últimos anos, fruto de uma conscientização necessária e, claro, de uma maior cobrança por parte da Justiça Eleitoral. 

O MDB, cuja ala feminina é comandada no Estado pela Relações Públicas Ana Paula Carvalho de Menezes, garante estar indo além da imposição dos 30% de reserva de vagas garantidos pela legislação. 

“Nossa gestão não quer fazer apenas o obrigatório, mas permitir que as mulheres possam pleitear e competir de forma justa com os candidatos do sexo masculino. Isso será possível com a estrutura que já está sendo planejada para atender às nossas candidatas e suas demandas”, explica Ana Paula. 

Essa estrutura, segundo ela, compreende os aspectos Jurídico, de Contabilidade e de Marketing, que serão disponibilizados para as mulheres, permitindo mais chances durante a corrida eleitoral. Além disso, o MDB Mulher, presidido nacionalmente por Fatima Pelaes, apresentou um projeto que está sendo tocado em Sergipe. 

“Por meio de uma consultoria, as pré-candidatas preencheram um questionário que será transformado em e-book. Isso permitirá ajudar a futura candidata, identificando pontos fortes e fracos, e buscando soluções para a vitória nas urnas”, esclarece.

Com essas ferramentas, Ana Paula estima que cerca de 120 mulheres se candidatarão pra sigla. “O MDB é um partido que preza pela fortalecimento da democracia em todos os setores. Assim, tem a ciência da necessidade de qualificar essas candidatas para que possam exercer suas atividades com competência”, afirma.