Aparte
Neném de Verso, de Itabaiana: “Eu me imagino um vice-prefeito participativo”

Neném de Verso: “Pretendemos conseguir indústrias para Itabaiana para gerar cada vez mais empregos”

Aos 46 anos, o empresário Everton Carvalho da Cunha Filho, o Neném de Verso, foi convidado a fazer dobradinha na chapa encabeçada pelo administrador de empresas Adailton Souza na disputa pela Prefeitura Municipal de Itabaiana e aceitou sem nenhum acanhamento disputar o posto de vice-prefeito.

Mais do que aceitar, Neném de Verso encarou com naturalidade a empreitada que está em curso. “Eu me senti confortável ao ser convidado para ocupar esse lugar de candidato a vice-prefeito e o de vice, quando eu for eleito”, diz ele.

E mais do que encarar com naturalidade, Neném tem projetos a desenvolver juntamente com Adailton. “Só não me sinto como alguém que não tenha uma função na máquina pública”, delimita Neném.

O nome disso é “querer fazer”. “Eu me imagino um vice-prefeito participativo para poder ajudar cada vez mais a Adailton Souza na administração da continuação da obra de Valmir de Francisquinho”, diz.

Neném de Verso, hoje filiado ao PSDB, não é propriamente um neófito, um estreante, em política. Em 2000, aos 26 anos, disputou um mandato de vereador em Itabaiana. Ficou numa primeira suplência e chegou a assumir o mandato por quatro meses.

Ele é um observador atento da cena política da cidade em que nasceu e onde opera como empreendedor. “Eu vejo o trabalho de Valmir de Francisquinho no final desses oito anos como o do melhor prefeito na história de Itabaiana e como o de um dos melhores prefeitos do Estado de Sergipe”, diz.

“A expectativa que eu tenho em relação Adailton Souza como futuro gestor é a de que ele vai se um grande prefeito na continuidade desse trabalho que Valmir de Francisquinho vem fazendo pela cidade”, pontua.

Mas Neném se sente inserido em que tipo de ação pública? “Vou querer atuar, e o turismo e o empreendedorismo são áreas nas quais eu vou colaborar - e não estou falando apenas do mercado imobiliário. Falo também na indústria e no comércio. Nós pretendemos conseguir atrair indústrias para Itabaiana para gerar cada vez mais empregos”, diz.

Neném de Verso nasceu no dia 30 de junho de 1974. Ele é filho de Everton Carvalho da Cunha, o popular Verso, e Maria das Neves Cunha. Nascido e criado no antigo povoado Marcela – hoje já se tornou parte da cidade -, Neném é pai de Everton Neto, 13 anos, e de Eva Cunha, de apenas um ano. 

A família dele sempre sobreviveu do cultivo da terra, com o trabalho da agricultura, e Neném de Verso trilhou o mesmo caminho: ajudava os pais, junto com os seus irmãos, no sítio em que viviam. Teve a sua primeira formação em uma escola rural neste mesmo povoado e, logo em seguida, ingressou nas escolas públicas Airton Teles e Murilo Braga.

Naquela época, andava quilômetros de distância a pé em busca da escolarização, algo que seus pais sempre prezaram muito. Ainda muito jovem, ele buscou a independência financeira e, como um bom itabaianense, foi vender picolé nas ruas e pegar carrego nas feiras de Itabaiana.

Com o intuito de crescer na vida, aos 16 anos Neném de Verso abriu o seu primeiro negócio: uma oficina de motos. Poucos anos mais tarde, abriu uma empresa de transporte que levava as pessoas até os locais de trabalho, e foi dessa maneira que começou o seu ramo como empreendedor. 

Após oito anos lidando com esta empresa, Neném de Verso começou a expandir os negócios da família: se tornou gerente da Cerâmica São Lucas, uma empresa em atuação até hoje no município. 

Alguns anos após, já aos 26, surgiu o desejo de entrar na vida pública, com o intuito de servir a Itabaiana. E foi aí que se candidatou e se tornou suplente de vereador na eleição de 2000.

Posteriormente, aos 28, Neném de Verso abriu mais um grande negócio na cidade: o Motel Cupido. Em sua extensão, já são Cupido 1 e 2 e diversas foram pessoas empregadas, gerando renda para a economia local. 

Sempre pensando em atividades que fomentassem o progresso, Neném de Verso juntou-se ao irmão José Aguinaldo Neves Cunha, o Aguinaldo de Verso, e alcançaram um grande objetivo juntos na construção dos sonhos das pessoas: dessa maneira, nasceram os loteamentos Santa Mônica 1 e 2 com mais de três mil lotes prontos já construídos.

 

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.