Aparte
Eleição de Bolsonaro bane PT do horizonte político nacional, mas é um tiro no escuro

Bolsonaro: vitória é um grito de alerta para a nação

A vitória de Jair Messias Bolsonaro, PSL, anunciada em todas as pesquisas durante a campanha presidencial, se confirmou neste domingo, 28, com a realização do 2º turno das eleições.

Esta foi a oitava eleição nacional depois do golpe militar de 64 - elas se deram em 1989, com a escolha de Fernando Collor de Mello, PRN; em 1994 e 1998, com as eleições de Fernando Henrique Cardoso, PSDB; em 2002 e 2006, com as de Luiz Inácio Lula da Silva, PT, e em 2010 e 2014, com as escolhas de Dilma Rousseff, PT.

Vale lembrar que o próprio Bolsonaro é um militar, capitão reformado do Exército, e que este foi o tom de toda a sua campanha, um chamamento à posse de armas e de punição aos “subversivos” – algo que chocou parte da sociedade brasileira, que vê a sua eleição como um tiro no escuro no que diz respeito ao futuro do Brasil.

O discurso – radical – de Bolsonaro, aliás, foi destaque em diversos jornais pelo mundo. Em praticamente todos eles, o conteúdo era de alerta para o que um possível governo dele representaria.  

Mas, mesmo assim, 55,34% dos eleitores brasileiros o escolheram para governar o Brasil pelos próximos quatro anos, contra os 44,66% dos que preferiram Fernando Haddad, PT, que venceu em todos os Estados do Nordeste. Em Aracaju, Fernando Haddad teve 52,76%, contra os 47,24% dos votos de Bolsonaro.

Vitória anunciada 

Bolsonaro votou na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, zona Oeste do Rio, e, ao ser questionado sobre sua expectativa, respondeu: “O que eu vi nas ruas ao longo dos últimos meses: vitória”.

A confirmação da vitória nas eleições presidenciais foi comemorada com muita festa em frente à casa de Jair Bolsonaro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Eleitores gritaram, se abraçaram e pularam muito, no meio de fogos de artifício, ao coro de "mito, mito", como é chamado pelos seus seguidores o candidato à presidência da República pelo PSL.

Hino Nacional foi entoado pela multidão, que também cantava "Sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor". A poucos metros da casa de Bolsonaro, no Hotel Windsor, base de muitos articuladores e apoiadores do candidato nos últimos dias, o clima era de festa, com muitos gritos e aplausos.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.