Aparte
Henri Clay: “Fiquei surpreso. Não sabia que Fábio tinha identidade política com André Moura”

Henri Clay Andrade: caso por encerrado depois que o PDT esclareceu

O candidato a senador Henri Clay Andrade, PPL, da coligação que apoia Valadares Filho, PSB, ao Governo do Estado, disse nesta terça-feira à Coluna Aparte, que estranhou muito a manifestação de afinidade de Fábio Henrique com o seu concorrente André Moura, PSC, exibida no vídeo polêmico gravado por Fábio, onde ele aparece dizendo que André é seu candidato ao Senado.

“Não vou negar que eu me surpreendi muito quando soube da gravação do Fábio Henrique, porque eu não sabia que Fábio tinha identidade política com André Moura. Fiquei surpreso ao sabê-lo ali”, diz Henri Clay.

Mas, apesar de cristão novo nesta coisa de disputa eleitoral e nos descaminhos que ela gera, Henri Clay manifestou intenção de agravar mais as coisas e de não gerar mais tensão na sua coligação a partir do episódio Fábio-André.

“Eu me dei por satisfeito com a manifestação do senador Antonio Carlos Valadares a meu favor e da aliança, e também com a nota oficial do PDT. Eu dou o caso por encerrado depois que o PDT esclareceu”, diz.

A nota oficial do PDT de segunda-feira tenta deixar claro que Fábio estaria jogando para a plateia quando fez as declarações em favor de André, e no texto ela cita o nome de Henri Clay como o de compromisso do voto dele.

Sem perder a esportiva e apostando na aurora do bom humor, Henri Clay Andrade sai com estas afirmações, onde reverberam ironias: “Devo lembrar que Fábio Henrique é presidente do partido, que fez uma convenção conosco e indicou como candidata a vice a esposa Sílvia Fontes. Eu me dou por contemplado, e inclusive continuo votando em Sílvia Fontes para vice-governadora”, diz ele, entre risos. Apois está certo!

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.