Aparte
João Fontes aponta fraqueza de Eduardo Amorim frente a Andre e a PGE

João Fontes: ação de Eduardo Amorim mostra que política é coisa do capeta

Usando as mídias sociais, o pré-candidato a senador, ex-deputado federal João Fontes, PPS, censurou o senador Eduardo Amorim por fraqueza e falta de solidariedade ao deputado federal André Moura, PSC, alvo de denúncia da Procuradoria Geral da República.

"Amigos, alguém viu alguma declaração de solidariedade do “líder político” Eduardo Amorim a André Moura sobre a denúncia da PGR?", provocou Fontes.

E fustigou mais: "O líder pode deixar na estrada da vida o seu aliado ferido em combate?".

"Observem que não existe condenação de André no STF. A título de lembrança, é importante ressaltar que Eduardo já respondeu inquérito no STF", lembrou João Fontes.

"Muito estranho mesmo. A política é coisa do capeta! Na verdade, a política é um campo de disputas, ciúmes e ambições até mesmo com os próprios aliados. Nesse meio, dificilmente se faz amigos", disse.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.