Aparte
Matadouros irregulares: até quando?

Matadouros irregulares são comuns no Estado

Os matadouros de Itabi, Macambira e Campo do Brito foram fechados por não atenderem a uma série de exigências da Administração Estadual do Meio Ambiente – Adema –, que elencou irregularidades nas estruturas. Além desses, o matadouro de Nossa Senhora da Glória fechou acordo com o Ministério Público e também encerrará as atividades; Já os de Ribeirópolis, Itaporanga e Salgado foram notificados e deverão, pelo menos, se manifestar sobre a situação dos matadouros em até 30 dias. Ocorre que estas irregularidades não são nada novas. Entra gestor e sai gestor e elas permanecem, salvo algumas exceções. Mas a questão é: se os gestores não conseguiram regularizar os matadouros em anos, será que conseguirão em 30 dias?