Aparte
Toinho e Edna de Dorinha veem Poço Verde muito maltratada por Iggor Oliveira

Edna Doria e Adauto Justino, a chapa do PSB de Poço Verde

O ex-prefeito de Poço Verde por dois mandatos, Antonio da Fonseca Dorea, o Toinho de Dorinha, PSB, disse nesta sexta-feira, 18, que a “gestão muito ruim do prefeito de Iggor Oliveira”, PSD, faz de sua esposa, Edna Doria, a Edna de Toinho de Dorinha, PSD, “a favorita de vencer” o pleito municipal da cidade este ano de 2020.

Mas de onde viriam estas convicções de Toinho de Dorinha, além do desejo de voltar à cena do mando municipal de Poço Verde? Ele mesmo responde a isso. “       Edna está bem porque representa uma mudança e o melhor para Poço Verde. Edna está bem porque representa o trabalho, a honestidade e sobretudo o cuidado com as pessoas, e nada disso está materializado na gestão do atual prefeito. O prefeito Iggor Oliveira não cuidou bem das pessoas e nem cuidou dos demais interesses do município”, diz Toinho.

A visão de Edna Doria - o Doria dela é escrito com “i” mesmo - vai obviamente na mesma direção da do marido. “O que Toinho diz é a pura verdade. Quem vive nas redes sociais, quem conhece a realidade de Poço Verde, quem vive ou visita nossa cidade vê estampado no rosto do nosso povo, na sociedade daqui, que Iggor Oliveira, o atual prefeito e candidato à reeleição, não fez uma boa gestão para o seu povo. Portanto, de jeito nenhum ele merece uma reeleição”, diz Edna. Ela terá Adauto Justino como candidato a vice-prefeito.

“De modo que a campanha está bem, Edna tem muitas perspectivas e vamos ser vitoriosos. Ela está bem até demais”, reforça Toinho. Ele se elegeu prefeito de Poço Verde em 2004 e se reelegeu em 2008. Em 2012, fez do sobrinho Thiago Dorea seu sucessor, que perdeu para Iggor Oliveira em 2016.

Toinho de Dorinha não subestima, no entanto, o lugar de Iggor Oliveira na eleição deste ano. “A disputa será entre Edna e Iggor, e ele vai ficar em segundo lugar. Não tem espaço para Barracão desta vez”, diz. Barracão é Roberto Correia Santana, PSC, atual vice-prefeito da cidade, mas rompido com Iggor e que, obviamente, vai à eleição numa dissidência com o parceiro de 2016.

Poço Verde tem 11 vereadores. Destes, cinco estão com o grupo de Toinho e de Edna, quatro com o prefeito Iggor e dois com Barracão. “Para se vê o indicativo de tudo que eu falo aqui basta vir na cidade e conversar com o povo poçoverdense. Esta é a opinião da população, simbolizada numa rejeição que Iggor tem, que é muito alta”, futuca Toinho de Dorinha.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.