Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 37 anos, tem formação pela Unit e é fundador do Portal JLPolítica. É poeta.

Edvaldo Nogueira: “Vou à reeleição porque quero continuar trabalhando por quem mais precisa”
Compartilhar

Vovô, Edvaldo e Katarina: unidade com o Podemos/Foto: Ana Lícia Menezes

“Não vou à reeleição pela vaidade, pelo cargo. Nada disso me fascina. Vou à reeleição porque quero continuar trabalhando por quem mais precisa, para dar continuidade àquilo que já está planejado, mas ainda não tivemos como realizar, para fazer ainda mais”.

 

Estas visões são do candidato à reeleição de prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, PDT, e foram reveladas durante reunião realizada pelo Diretório Municipal do Podemos, na última quarta-feira, 23, onde esteve acompanhado da pré-candidata à vice-prefeita Katarina Feitoza, para receberem o apoio de todos os 36 pré-candidatos a vereadores por esse partido.

 

Edvaldo Nogueira agradeceu a adesão do Podemos de Aracaju à coligação Pela Vida, Pela Cidade, saudando o presidente municipal e anfitrião do evento, ex-vereador Vovô Monteiro, e o presidente estadual da sigla, deputado Zezinho Sobral, que não pôde comparecer.

 

O candidato reafirmou seu compromisso de fazer da política “o instrumento para trabalhar e fazer o melhor pelas pessoas que mais precisam”. Durante o encontro, no qual foram adotadas medidas necessárias para evitar o contágio pelo novo coronavírus, Edvaldo destacou o empenho de sua gestão para “reconstruir e recuperar a cidade”, nos últimos três anos e nove meses a partir da reorganização financeira do município, que possibilitou à Prefeitura investir mais de R$ 800 milhões nesse período.

“E é para dar continuidade a esse trabalho realizado em toda a cidade que colocamos nossa pré-candidatura à reeleição”, enfatizou o prefeito. Nessa caminhada, reconheceu ele, o apoio do Podemos é “importante e necessário”, dada a representatividade da chapa do partido à Câmara de Aracaju, formada por 11 mulheres e 25 homens.

Para Katarina Feitoza, a “seriedade e a competência” com que Edvaldo governa a cidade foi determinante para que ela aceitasse compor, como vice, a chapa de reeleição do prefeito. A pré-candidata à vice reforçou, junto aos pré-candidatos do Podemos, a necessidade de assegurar a continuidade do projeto “que está transformando a cidade”. “Não podemos apostar no que é duvidoso”, frisou ela.

“Aonde quer que vocês forem pedir voto, além de apresentar o trabalho que desenvolvem junto a suas comunidades, vão ter o que mostrar do trabalho de Edvaldo. Esse é o diferencial. É um trabalho que está presente em toda a cidade, voltado, sobretudo, para o lado social, para quem mais precisa”, salientou Katarina.

Segundo Vovô Monteiro, a decisão do partido de apoiar a reeleição do prefeito de Aracaju “foi unânime” entre os pré-candidatos do Podemos à Câmara de Aracaju. O anfitrião do encontro destacou ainda que a escolha se deu em virtude da habilidade demonstrada por Edvaldo para governar a cidade.

“Edvaldo governa olhando pra frente, pra fazer a cidade avançar, e é por isso que vamos buscar a reeleição dele. Como se diz no popular, em time que está ganhando, não se mexe”, disse o presidente do diretório do Podemos na capital ao finalizar a reunião.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.