Aparte
PSOL oficializará Alexis Pedrão e Carol Quintiliano em convenção virtual

Professor Alexis Pedrão e a advogada Carol Quintiliano serão indicados à Prefeitura e Vice, respectivament

O Partido Socialismo e Liberdade em Aracaju - PSOL - vem com cara própria para as eleições municipais deste ano. Neste domingo,13, a partir das 10 horas, o diretório municipal organiza sua convenção virtual para oficializar a chapa completa para o pleito. O professor Alexis Pedrão e a advogada Carol Quintiliano serão indicados à Prefeitura e Vice, respectivamente, além do time da vereança.

A solenidade contará com a participação do Partido Comunista Brasileiro - PCB -, além de representantes dos movimentos sociais que atuam na cidade. O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto - MTST -, a Frente Favela Brasil - FFB -, o coletivo de juventude “Afronte!” já confirmaram presença no espaço.

O partido também lançará doze pré-candidaturas à Vereança, com representantes de militantes da Educação, movimento de negros e negras, LGBT´s, sindicalistas e representantes da cena cultural da cidade. 

ALEXIS “PEDRÃO”

Alexis Magnum Azevedo de Jesus, mais conhecido como Alexis “Pedrão”, tem 34 anos, é casado e pai de cinco filhos. Nascido em Feira de Santana (BA), ele mora em Aracaju desde o primeiro ano de vida.  Alexis é professor de Direito na rede particular de ensino. Graduado em Direito pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) em 2013, ele é mestre e doutorando em Educação.

Filiado ao PSOL há mais de dez anos, ele possui trajetória nas lutas populares em Sergipe. Participou do movimento estudantil da UFS e ajudou a construir o Movimento Não Pago, teve passagem pelo movimento sindical e ações do movimento negro sergipano.

CAROL QUINTILIANO

Ana Carolina Santana Quintiliano Melo é formada em Direito pela Universidade Federal de Sergipe - UFS - , pós-graduada na Universidade Federal da Bahia. Militante da causa animal e ambiental, ela faz parte do Setorial Nacional Ecossocialista do PSOL.

Advogada, atualmente é integrante da Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da OAB/SE e também da Comissão de Direito Socioambiental da OAB/SE. Filha de um professor aposentado e de uma médica, Carol divide seu tempo entre a Advocacia, os cuidados com seus 10 animais de estimação (todos adotados), com a sua casa, que divide com seu companheiro, e com sua família, em especial sua avó materna Zélia, hoje com 87 anos e portadora de Alzheimer.

Reivindica-se feminista dentro de uma concepção de que o feminismo é para todas as diferentes realidades de mulheres e deve buscar a emancipação de toda a sociedade, pois a emancipação de uma mulher na esfera educacional, financeira e pessoal tem reflexos e impactos positivos em toda a geração que lhe sucede, bem como em toda a sociedade.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.