Aparte
Danielle Garcia quer jogar Edvaldo Campos na fogueira da disputa eleitoral

Evaldo Campos: resistindo aos assédios eleitorais

A pré-candidata ao Senado pelo Podemos, delegada Danielle Garcia, tem insistido de perto para que o decano da advocacia sergipana, Edvaldo Campos, candidate-se a um mandato nas eleições deste ano.

A tese de Danielle Garcia é a de que Edvaldo faz bem à política. Ele, que já foi vereador de Aracaju, até concorda com esse ponto de vista, mas está mais para se abster desse hipótese.

“Eu estou resistindo bravamente a esse convite”, diz Edvaldo. Eleitor declarado de Jair Bolsonaro e da própria Danielle Garcia, Evaldo, de 81 anos, admite que se Danielle precisasse eleitoralmente dele até que faria uma concessão.

“Se ela fosse candidata a deputada federal e necessitasse de uma candidatura minha à Câmara Federal para ajudar com mil votos a mais, eu até me candidataria”, diz.

Mas como a candidatura ao Senado é majoritária e vence quem tem mais votos, não será necessário esse tipo de ajuda.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.