Aparte
Vereador Ricardo Marques discute licitação do transporte com Ministério Público e Tribunal de Contas de Sergipe

Ricardo Marques: em reunião dupla e duplo apoio às ideias

O vereador de Aracaju, Ricardo Marques, Cidadania, foi recebido pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, Flávio Conceição, e também pelo procurador-geral do Ministério Público de Sergipe, Manoel Cabral Machado Neto nas sedes desses dois órgãos.

O parlamentar recebeu de ambos apoio que atendem a necessidade do processo para melhorar o sistema do transporte público que passa por dificuldades. Ricardo se coloca como “o maior defensor da realização da licitação do transporte público de Aracaju”.

“Fui muito bem recebido pelos gestores e fiquei feliz porque eles também entendem que o sistema do transporte público está caótico e pode começar a melhorar com a realização da licitação”, disse o parlamentar.

“Desta forma, direitos e deveres serão estabelecidos e cada um deve fazer a sua parte. A licitação pode definir critérios para tarifa pública e também para a tarifa remuneratória, assim impedindo que a balança pese apenas para o lado do usuário de ônibus. Também pode definir a quantidade de linhas, de ônibus e idade média dos veículos”, explica Ricardo Marques.

O vereador aracajuano está na busca de parceiros para realizar um seminário sobre a licitação do transporte público aberto a prefeituras, parlamentares, entidade civil organizada, promotores, advogados, rodoviários e usuários do sistema de passageiros. “Todos precisam se envolver, porque grande parte da população utiliza o transporte público e enfrenta transtornos diariamente.

Entre os palestrantes, foi convidada a promotora de Justiça Fernanda Moreira, do Ministério Público de Alagoas. “Ela foi responsável por todo o processo de licitação do transporte em Maceió. Quase todas as capitais do Brasil já iniciaram ou concluíram a licitação e Aracaju também precisa iniciar esse processo”, insiste Ricardo Marques.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.