Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 37 anos, tem formação pela Unit e é fundador do Portal JLPolítica. É poeta.

João Daniel nega boatos: “Nós só sairemos do Governo no último dia dele”
Compartilhar

João Daniel: “Não tem nenhuma crise entre a pessoa de Belivaldo Chagas e o PT”

O presidente estadual do PT de Sergipe, deputado federal João Daniel, disse nesta terça-feira, 26, à Coluna Aparte que não existe nenhuma orientação ou determinação do partido para que petistas que ocupam cargos no Governo do Estado de Sergipe deixem suas funções.

Comentários de que o PT estaria dando este tipo de orientação tem circulado constantemente nos meios políticos sergipanos, sobretudo em Aracaju. “Não existe isso. Nós só sairemos do Governo no último dia dele, o 31 de dezembro de 2022. Nós só sairemos quando vencer o prazo do Governo”, disse João Daniel.

Mas para o presidente petista, eles não saem porque não existiria motivo para tanto. “Nós somos aliados do governador Belivaldo Chagas, ajudamos a elegê-lo, participamos do Governo dele e não tem nenhum problema e nenhuma crise entre a pessoa do governador Belivaldo Chagas e o Partido dos Trabalhadores de Sergipe”, reitera João Daniel.

Para João Daniel, esta boataria não se reverte jamais de “validade oficial”. “Esta versão é da vereadora Ângela Melo e de alguns aí que fazem aquelas entrevistas dizendo que tem que romper. Isso vem desde antes da eleição de 2020, mas não tem nenhuma validade oficial”, diz João Daniel.

Ângela Melo, 64 anos, ex-presidente do Sintese, se elegeu vereadora de Aracaju pelo PT no ano passado e é do grupo sempre dissidente liderado pela ex-deputada Ana Lúcia Menezes e pelo deputado Iran Barbosa.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.