Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 38 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração Tanuza Oliveira.

Padre Inaldo vê necessidade de seu bloco eleger um deputado para Alese ano que vem
Compartilhar

Padre Inaldo: “Zé Franco tem defendido o nome de Carminha”

Tão logo passou a sucessão municipal de Nossa Senhora do Socorro no ano passado, com a reeleição do prefeito Inaldo Luis da Silva, o Padre Inaldo, Progressistas, o grupo que se formou em torno dele começou a admitir que este que é o maior município de Sergipe depois de Aracaju necessita de uma representação na Assembleia Legislativa de Sergipe a partir de 2023 em mandato a ser conquistado no ano que vem e aliado ao grupo que administra a cidade.

O ex-prefeito de Socorro e aliançado com Padre Inaldo em 2020, José Franco, foi um dos primeiros políticos do grupo a levantar essa necessidade. E Padre Inaldo está mais do que seguro de que esta necessidade é real e admite que, “na hora certa”, vai se somar ao grupo para viabilizar a eleição de um aliado.

“Nossa Senhora do Socorro necessita de um nome na Alese alinhado ao grupo que administra a cidade hoje e com a fé em Deus nós vamos ter esse candidato a deputado estadual a partir do grupo baseado no nosso município de Socorro” diz Inaldo.

Mas, segundo o prefeito de Socorro, o nome desse futuro candidato, ou candidata, não foi decidido ainda. “Nós não visualizamos, em definitivo, esse nome. Diria que estamos conversando para ver quem será. Mas também não visualizamos ainda em virtude desta pandemia, que tem atrapalhado a vida de tudo e de todos e não dá mesmo para desviar a atenção agora do cuidado das pessoas. Política fica para a hora certa e para quando tudo isso passar”, diz Inaldo.

“Sei que na hora certa a pessoa terá de contar com o aval do grupo que passa por mim, por Zé Franco, pelo vice-prefeito Manelito Franco e por muitos do que estão no mesmo bloco fazendo a boa política socorrense. Além do mais, deve ser uma pessoa que já tenha contribuído ou que esteja contribuindo com a cidade de Socorro e com as necessidades dela, e que tenha a intenção de continuar com sua contribuição. Que seja uma pessoa que conheça os problemas da cidade”, afirma Inaldo.

Apesar de respeitar o tempo de pandemia e a distância separa hoje da eleição, prefeito socorrense admite que o nome secretária de Assistência Social de Socorro, Maria do Carmo Paiva da Silva, a Carminha, pontua fortemente na sugestão de aliados como sendo o mais indicado do grupo para disputar a Alese.

“Eu diria que se a definição dessa candidatura tivesse de ser feita hoje, em abril de 2021, o nome seria o de Carminha, porque no grupo é o nome mais falado. Hoje, até o próprio José Franco defende o nome dela. De fato, toda a comunidade de Nossa Senhora do Socorro tem visto que Carminha tem feito um trabalho diferenciado”, diz Padre Inaldo.

Mas diferenciado como assim, Inaldo? “Ela é muito dedicada, é muito presente no meio povo. Faz um trabalho ativo de acompanhamento e de resolução das carências sociais da comunidade dentro do possível. As pessoas que trabalham na Secretaria levam muito em conta a ação dela. Mas eu não imponho o nome dela e nem o de ninguém. A gente entende que quem tiver de ser esse futuro candidato do grupo só será por um consenso”, afirma Inaldo.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.

Liberato ferreira antao
Com certeza Carminha será um dos melhores nome pra o Grupo e ela ven se destacando na secretaria com um ótimo trabalho social com o nosso povo de nossa senhora do socorro e vai fazer por todos povo sergipanos