Aparte
Lomes nega candidatura de deputado federal: “Eu tenho juízo!”

Lomes Nascimento: nada a ver com candidatura

Quer ficar de mal do médico e empresário de comunicação Lomes Nascimento? Então sustente que ele vai disputar o mandato de deputado federal por Sergipe ano que vem - como tem sido o boato recorrente na política do Estado.

“Eu tenho juízo! Somos conterrâneos, e quem nasce na Várzea do Poço tem juízo”, diz ele ao titular desta coluna. Várzea do Poço fica no Noroeste baiano, na Chapada Diamantina Norte, perto de Jacobina. 

“Pode dizer, com todas as letras, que não sou candidato a nada em Sergipe. Agora, tenho pena da situação do Estado. Ouvi uma entrevista ontem de Rogério Carvalho, que usou uma linguagem muito própria para o momento, quando disse que tem que debater o Estado. Se o Estado não tiver bem, vamos ganhar dinheiro como? A dificuldade é generalizada”, diz. 

Lomes nega, inclusive, que já tenha se filiado a algum partido aqui em Sergipe. “A nenhum. Nem meu título eu transferi. Meu domicílio continua em Serrinha, na Bahia. Agora, a revolta do povo de Sergipe é grande com a política. A população está irada”, avisa.

Para Lomes, nada desta boataria lhe contempla. “Não vou largar minha vida, arrumada, para me meter numa coisa desgraçada dessa. Não quero isso para mim. Se eu quisesse ser, seria em outro tempo, e inclusive ACM me convidava sempre, e eu nunca aceitei”, diz.

“Estou inaugurando a Rádio Globo em Salvador, que era uma AM e migrou para FM. A rádio está sendo instalada na Região Metropolitana. Com ela, vou comandar uma rede de 40 rádios na Bahia. Então, de maneira alguma eu iria me lançar nisso. Juro pelos meus netos. Não é meu projeto”, reforça. Com Rádio Globo, ele passa a ter 20 emissoras, contando com a Jovem Pan de Sergipe.