Aparte
Pelo Rede, Márcio Dória quer chegar à Câmara como o “diferente”

Márcio Dória: oportunidade ao que é diferente

Dos novos nomes que a Rede Sustentabilidade apresenta a Sergipe no dia 5 de dezembro como filiados e novas conquistas ao processo eleitoral, um não tem dúvida do que quer para si em 2018: Márcio Dória tem aspiração de disputar mandato de deputado federal. E promete ser o “diferente”.

Com 50 anos de idade e atuando na área trabalhista há cerca de 24 anos, com breve passagem pelo PC do B, Márcio Dória chegou a esboçar uma candidatura a vice-prefeito de Propriá, de onde é originário – embora atue em Aracaju – e acha que pode contribuir com mais ação na Câmara dos Deputados.

Márcio Dória é pouco modesto na análise de si mesmo. “Transformei minha formação no curso de Direito pela Universidade Federal de Sergipe em um instrumento de luta pela defesa de minorias e, principalmente, do trabalhador sergipano como advogado da área trabalhista”, diz ele.

Ele acha que “se tornou voz e força de diversos sindicatos do Estado”. “A sede da Justiça fez com que eu buscasse os meios mais éticos para que o trabalhador compreenda todos os seus direitos. A busca pelo correto, fez com que a este povo se unisse e junto lutasse. Este elo fez com que eu consolidasse uma forte, respeitosa e notória representatividade jurídica em diversas regiões”, diz ele.

“Quero levar ao povo do Estado de Sergipe, em especial ao trabalhador tão sofrido, a assistência e dar aos sem esperanças motivos para acreditar que nem tudo está perdido. Afinal, é dando uma oportunidade ao que se pretende ser diferente que a mudança é possível”, diz.