Aparte
Valmir deixa vazar mágoas em relação a Maria Mendonça

Valmir de Francisquinho: Maria desconhece seu mandato na Alese

O prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, pareceu resignado, nesta terça-feira, ao anunciar a retirada da pré-candidatura do filho Talysson Costa a deputado federal. “Eu não vou sacrificar a Prefeitura de Itabaiana por este projeto. Se fosse para ganhar investindo só em material de campanha, para que ele fizesse de volta um trabalho decente por Itabaiana, estaria bem”, disse.

Valmir, no entanto, não negou que esteja mudando de planos, com o menino se candidatando a deputado estadual, e admitiu mágoas em relação à deputada Maria Mendonça. “Não quero mal estar com ninguém. Mas de política só trato ano que vem. Depois do carnaval. Vamos administrar. Tem muito por realizar”, disse.

“Eu estou apanhando demais na rádio de Maria Mendonça. Só fiz gastar dinheiro com ela. Nunca recebi nada dela, nem de Zé Teles, nem de ninguém. Votei nela de graça a vida inteira”, afirma Valmir.

“Não sei porque ela manda bater em mim. Ela não fala nada sobre o meu mandato na Alese. Foram 20 anos como vereador, sempre defendendo eles. Só sei que defendi eles a vida inteira. E sempre fui o mais votado”, diz.

Valmir entende que deve ser separado o fato de Maria Mendonça ter lhe “indicado” candidato a prefeito “do grande trabalho” que ele fez como gestor. Pelo jeito, a relação com a família Teles de Mendonça tem fissura amplas. Quase irreconciliável.