Aparte
Paulinho está mais preocupado com o rombo deixado por Juca de Bala

Paulinho da Varzinhas: no mandato e preocupado com o rombo deixado por Juca

Paulinho está mais preocupado com o rombo deixado por Juca de Bala
O ex-prefeito de Laranjeiras, Juca de Bala, PMDB, derrotado nas eleições municipais do ano passado por 59 votos, não vai conseguir virar prefeito no tapetão. Esta é a opinião de Paulo Hagenbeck, DEM, cujo diploma de prefeito eleito em 2016 foi cassado no último dia 14 pelo Tribunal Regional Eleitoral.

A decisão do TRE não afetou a agenda do executivo Paulinho da Varzinhas, como é conhecido, e ele permanece no mandato enquanto não ocorrer a confirmação da decisão também no Tribunal Superior Eleitoral. O prefeito disse nesta quarta-feira a esta coluna que está confiante no futuro.

A cassação do diploma de Paulinho da Varzinhas não tem nenhuma vinculação com abuso de poder ou qualquer tipo de malfeito da parte dele durante a campanha do ano passado. Ela está ligada ao julgamento de uma das contas dele como ex-prefeito - ele teve dois mandatos antes, de 2001 a 2004 e de 2005 a 2006.

“A lei é clara e eu só saio depois de julgado no TSE. Foram julgadas ilegais minhas contas no Tribunal de Contas. Mas o TCE não pode julgar. Ele julga parecer prévio e estas contas estavam sob efeito suspensivo e não poderiam ter ido para a Câmara”, diz o prefeito.

“Minha convicção é a de que o meu mandato vai prosseguir normal e lá por cima isso vai ser alterado, segundo meus advogados. Não tem jeito de eu perder, até porque estão me julgando por cima de pau e pedra. Tanto que tem um processo que precisa ser julgado por sete e eles julgaram por seis pessoas”, diz o prefeito.

Enquanto trabalha para resolver estas questões jurídicas, Paulinho da Varzinhas tem mais preocupação na esfera administrativa dos problemas deixados por Juca de Bala. “A dívida deixada por ele ronda a casa R$ 80 milhões num município que tem um orçamento anual de pouco mais de R$ 100 milhões”, diz Paulinho.