Politica & Mulher
Grace Franco: uma mulher desbravadora de tendências que não considera política uma carreira 

Grace: “não se faz mais política como meu avô Augusto Franco fazia”

Tecnóloga em Processamento de Dados, pós-graduada em Gestão de Tecnologia de Informação pela FGV, com MBA Executivo em empreendedorismo, pela Fundação Dom Cabral e Sauder Business School, Canadá; conselheira TrendsInnovation pela Inova Business School, membro do Cercle Suisse des Administratices e afiliada da SwissCam e do Lide Sergipe.

Esse é um resumo da formação de Grace Franco – muitas vezes reduzida ao sobrenome, mas que vai bem além disso. Ela tem toda a sua carreira construída em veículos multinacionais de comunicação e financial, como a JCDecaux, na Direção de Desenvolvimento de Novos Negócios e Relações Exteriores, na Publix Outmidia, controlada pelo Deutsche Bank, além do BicBanco e Sistema Atalaia de Comunicação, como Head de Comunicação Multiplataforma. 

Desde 2009, atua como consultora de comunicação, negócios, inovação e tendências para indústrias de bens de consumo e bens de capital, além de indústrias de comunicação, healthtech, wellness e varejo.

Filha de Walter Franco, diretor e fundador da TV Atalaia, que completou 46 anos no mês passado, Grace falou com exclusividade à Coluna Política & Mulher sobre suas conquistas, sua forma de se ver mulher nesse mundo e, claro de política partidária, que, para ela, não deve ser considerada uma carreira.

“Tampouco bem-sucedida em nosso país”, opina Grace. Justamente por isso, ela preferiu não enveredar por esse caminho, como fez o pai, eleito deputado estadual há alguns anos. Grace admite viver os percalços que toda mulher enfrenta e diz que sonha com um mundo onde elas tenham maior participação e acessibilidade aos próprios sonhos. “Afinal, não há diferenças para se chegar lá”, diz. Confira a entrevista.

Política & Mulher - A TV Atalaia acaba de completar 46 anos. Como se sente sendo parte dessa história?
Grace Franco -
Orgulhosa em fazer parte da família Tv Atalaia, reconhecida por sua credibilidade e autenticidade. E por prestar serviço à população e exaltar a cultura e as riquezas do nosso Sergipe. A Tv Atalaia abraça os artistas sergipanos e fala a mesma língua do povo da nossa terra. É uma empresa vanguardista e humana. E tem a sergipanidade na veia. Heranças de meu avô Augusto Franco.

Política & Mulher - Mesmo tendo a TV Atalaia ali à disposição, você buscou fazer outras coisas. Por que?
Grace Franco -
Verdade. A Tv Atalaia sempre esteve de portas abertas para mim, bem como para o povo de Sergipe. Mas optei por me profissionalizar em outros mercados, conquistar a minha independência, para depois retornar à casa com novas perspectivas e habilidades. Mas como o mesmo propósito: entregar informação precisa, imparcial e fiável para um ecossistema plural, de forma genuína.

Política & Mulher - Como você se define como mulher, Grace?
Grace Franco -
Sou família, gosto de servir, sou comunicativa, curiosa, disruptiva, conectada e desbravadora de tendências e novos desafios.

Política & Mulher - Você também enfrenta os percalços pelos quais as mulheres passam?
Grace Franco -
Sim, enfrento muitos, mas não carrego comigo o traço de coitadinha, pois acredito que chegamos mais tarde ao mercado de trabalho e estamos recuperando esse déficit com os nossos múltiplos talentos.

Política & Mulher - Já teve alguma experiência com política?
Grace Franco -
Já sim! Tanto como presidente de partido como candidata. Suficientes para saber que não se faz mais política como meu avô Augusto Franco fazia

Política & Mulher - Seu pai chegou a ser deputado. Você não pensou em seguir essa carreira?
Grace Franco -
Sim. Meu pai foi um exímio deputado. O mais votado à época. Homem de coragem, atitude, de palavra e das Diretas Já, quando poucos subiram no palanque para se posicionar. Meu pai e meu avô me inspiraram a ter esta experiência, mas não considero política uma carreira e nem tampouco bem-sucedida em nosso país, nos tempos em que vivemos.

Política & Mulher - Como você se vê e se define hoje?
Grace Franco -
Feliz pela liberdade que conquistei.

Política & Mulher - Qual o seu sonho para todas as mulheres?
Grace Franco -
Ter maior participação nos Conselhos Administrativos, onde as mulheres ocupam apenas 11% dos assentos e acessibilidade aos seus sonhos. Afinal, não há diferenças para se chegar lá.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.