Politica & Mulher
Filha de Emmanuel Nascimento, Manu se lança na política como pré-candidata a vereadora

Estudante de Direito, Manu, 24 anos: amor pela política e por Aracaju a fez querer encarar uma eleição

Petista, casada, mãe de Laura de três anos, futura advogada e amante da política. É dessa forma que se descreve Emmanuela Correa Nascimento Pereira, mais conhecida como Manu Nascimento, 24 anos, PT, pré-candidata a vereadora em Aracaju nesta eleição municipal 2020.

Para quem não conhece, Manu é filha do ex-vereador Emmanuel Nascimento – o parlamentar com mais mandatos seguidos, ao todo foram sete, na Câmara Municipal de Aracaju. Mas, mesmo tendo que ser apresentada como “filha de...”, ela diz com determinação: “É claro que eu admiro o trabalho de meu pai. Ele fez o melhor que pode. Fez a história dele. Mas eu vou fazer a minha. Eu quero mesmo é dar a minha identidade”, enfatiza.

Claro, o pai é fonte de inspiração e um dos principais responsáveis pelo amor pela política – quando Manu nasceu, em 1996, Emmanuel já era vereador –, mas a petista diz que o ex-vereador não teve forte influência em sua determinação de se candidatar nesta eleição. “Meu pai apoia, mas não foi ele que tomou essa decisão, que me pressionou. Nada do tipo”, diz Manu, que é filiada ao PT desde os 16 anos.

Segundo Manu, o amor pela política e pela cidade onde nasceu a fez querer encarar uma eleição para vereadora. “Tudo o que eu faço tem que ter amor. Então, quando eu comecei a pensar na candidatura, primeiro eu coloquei o amor”, reforça.

Mesmo nova ainda – é estudante de Direito do nono período –, Manu carrega consigo certa experiência: atuou durante três anos na Procuradoria Geral de Aracaju como assessora jurídica e atua como mãe. E é sabendo bem das necessidades das mulheres durante a maternidade que a petista quer levantar a bandeira em defesa da classe feminina.  

“As minhas bandeiras que eu levanto é, principalmente, a inclusão da mulher na sociedade. Quero atender as necessidades das mulheres para que elas possam ter mais oportunidades em nosso mercado de trabalho, por exemplo. Como podemos fazer isso? Cuidando dos filhos dela. Têm muitas mães que não podem trabalhar porque não têm onde deixar seus filhos. Também sou mãe, então, conheço de perto essa necessidade”, relata Manu que, tem uma boa rede de apoio para cuidar da filha.

A petista promete também ações/projetos para dar atenção a áreas como a cultura, inclusão social, infância, animais, LGBTs, negros, grupos em situação de vulnerabilidade.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.