Politica & Negócios
Nova lei do gás potencializará as indústrias, garante Laércio Oliveira

Segundo Laércio Oliveira, relator da matéria, projeto da nova lei do gás deve ser pautado na próxima semana

O projeto da nova lei do gás deverá ser pautado na próxima semana no plenário da Câmara dos Deputados, assesura o relatador da matéria, o deputado federal Laércio Oliveira, PP "Na próxima semana, a gente deverá, na pessoa do nosso presidente, pautar esse projeto", disse Oliveira.

A declaração foi dada na entrevista coletiva promovida pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres - Abrace -, na quarta-feira, 12, que contou também com a presença do secretário especial de Produtividade Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, e representantes de outras associações.

O relator se mostrou otimista com o texto. Para ele, as novas regras vão gerar competitividade e barateamento do gás, potencializando as indústrias. "Queremos preços mais em conta. Inclusive com efeitos no botijão de gás, em que esperamos uma redução de aproximadamente 30%, quando tudo estiver funcionando", prevê Laércio Oliveira.

"O preço do gás natural vai cair principalmente para a indústria. É o setor que paga uma margem absolutamente desproporcional ao custo do fornecimento do gás", afirmou o secretário de Produtividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa. "A indústria deverá ter uma queda de mais de 50%.", afirma.

De acordo com o secretário, para o gás natural veicular - GNV -, o recuo estimado é de 19%. "Para um caminhoneiro que roda 60 mil quilômetros, vai representar uma redução de quase R$ 40 mil, o que também vai viabilizar uma redução do custo do frete no Brasil", afirmou Carlos da Costa.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.