Politica & Negócios
Maria Tereza Andrade

Maria Tereza Andrade é jornalista, graduada pela Unit em 1995, com experiência em veículos de comunicação em Sergipe e no Brasil. 

Vigilância Sanitária de Aracaju orienta condomínios sobre protocolos para reabertura de áreas comuns
Compartilhar

Como medida preventiva, é fundamental que condomínios continuem cumprindo as normas

A  Prefeitura de Aracaju está orientando condomínios sobre a reabertura de áreas comuns, seguindo os protocolos do Ministério da Saúde e os decretos municipais vigentes. Segundo a gerente de Ações Estratégias da Vigilância Sanitária e Ambiental da Prefeitura, Jackelene Andrade de Araújo, o condomínio compreende área privada de moradia, dessa forma, não está sujeito às sanções sanitárias.

Mas é fundamental a conscientização sobre a importância de seguir a Portaria 235, de 15 de setembro de 2020, e implementar as recomendações previstas no protocolo do Governo do Estado, defende a gerente da Vigilância Sanitária. 

“Os condomínios devem continuar cumprindo as normas, como manter o distanciamento entre as pessoas, evitando aglomerações. Devem, ainda, disponibilizar álcool em gel nas entradas dos elevadores e guarita, higienização constante dos ambientes e dos equipamentos de uso comuns, e o uso de máscaras de moradores e visitantes”, explica Jackelene Andrade.

Para a representante da Prefeitura, o síndico tem papel essencial no que diz respeito ao combate ao coronavírus nos condomínios. Já os moradores, que estão passando mais tempo em casa devido à pandemia, também precisam estar alentos para a utilização das áreas de lazer. Os condomínios verticais e horizontais devem definir o número de pessoas que poderão simultaneamente utilizar dos espaços e equipamentos.

“Estão proibidos festas e eventos de qualquer natureza com aglomerações de pessoas no salão de festas e áreas comuns. Recomenda-se que as áreas comuns somente sejam utilizadas por moradores dos condomínios e não por visitantes, evitando diminuir o fluxo de pessoas”, enfatiza.

LAZER

A piscina e a academia, os condomínios devem optar sempre que possível pelo uso com agendamento prévio e restringir a utilização por pessoas de uma mesma unidade habitacional. Já a quadra esportiva é recomendável que o uso seja limitado a quatro pessoas por vez, podendo ser permitida a presença de professor.

MUDANÇA

Podem ser permitidas, desde que fique garantida a obediência às normas estabelecidas pela administração para seguram o cumprimento das normas de distanciamento social.

DENÚNCIA

As denúncias de irregularidades para a Vigilância Sanitária podem ser feitas, através da plataforma Ajuinteligente: https://ajuinteligente.aracaju.se.gov.br/index.php/atendimento#L1574

Fonte e foto: PMA

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.