COMBUSTÍVEL
Por A8 | 26 de Jan de 2018, 08h40
Assista: coronel chama comandante da PM de mentiroso
Ele se refere ao suposto desvio de combustível, investigado pela corporação
Compartilhar

TV Atalaia ouviu coronel Gravatá

A Polícia Militar de Sergipe abriu um inquérito para investigar o desvio de dinheiro utilizando o cartão de abastecimento de combustível dos veículos da corporação. A investigação foi resultado de uma denúncia anônima em 2017, que já foi encaminhada à Justiça Militar.

Segundo o relações públicas da PM, Paulo Paiva, um terceiro sargento, que trabalhava no Centro de Suprimento e Manutenção da Policia Militar, foi afastado e indiciado, além de uma frentista de um dos postos credenciados para o atendimento.

“O nosso comandante geral, comandante Marconi Cabral, determinou imediatamente a instauração do inquérito militar designando a uma oficial superior à presidência das investigações, que foram concluídas. Outras diligências foram solicitadas e realizadas”, afirma Paiva. 

O ex-corregedor da Policia Militar de Sergipe, coronel Gravatá, em entrevista ao Cidade Aterta da TV Atalaia, faz duras criiticas ao coronel Marcone Cabral, comandante da corporação. 

ASSISTA AO VIDEO: