OMISSÃO
Por A8 | 24 de Jan de 2018, 15h06
Assista: pacientes renais estão sem medicamentos e ameaçados de morte
Obrigação do fornecimento é do Ministério da Saúde
Compartilhar

Lívia Roberta é transplantada e depende de medicação especial

Segundo Associação deles, há mais de duas mil pessoas acometidas pela patologia. Mas apenas 640 são atendidas pela rede municipal e 80 pelo Hospital de Urgência. Os demais estão em filas de espera. José Lúcio Alves Costa, presidente da Associação, diz que os renais sergipanos estão condenados a morte pela omissão dos Governos. 

Clique  e  reveja reportagem especial do JLPolitica sobre o tema: 
Pacientes renais de Sergipe morrem enquanto aguardam políticas de Saúde. 

Veja matéria de hoje do Balanço Geral Manhã da TV Atalaia.  

Assista ao Vídeo: