EDUCAÇÃO
Por Assessoria Parlamentar | 14 de Set de 2017, 09h44
Augusto discute com Jackson ideia de criar a Universidade Estadual de Sergipe
Segundo Augusto, estudos comprovam que, até o ano de 2020, a educação em Sergipe vai precisar de novos professores em todas as disciplinas, e a Unese resolveria o problema
Compartilhar

Augusto: governador gostou da ideia de criar a Unese (Foto: Jadilson Simões)

Numa audiência que teve com o governador Jackson Barreto (PMDB), o deputado estadual Augusto Bezerra (PHS) expôs a ideia, que já havia formalizado através de uma indicação, em 2010, de o Estado implantar a Universidade Estadual de Sergipe (UNESE). Segundo Augusto, o governador se mostrou simpático ao projeto.

“Deixei o encontro otimista. O governador Jackson Barreto gostou da ideia de criar a UNESE. Estou esperançoso em darmos mais esta contribuição para melhorar a qualidade da educação pública em Sergipe. Como deputado de cinco mandatos tenho uma indicação que foi feita ainda no governo Marcelo Déda, transformando o Colégio Estadual Atheneu Sergipense (no turno da noite) na Universidade Estadual de Sergipe. O governador Jackson Barreto sugeriu a Escola Normal, que também acho um espaço perfeito para a UNESE”, disse Augusto.

Augusto lembra que, em todo o Brasil, só mesmo Sergipe ainda não tem uma Universidade Estadual. “A nossa defesa, inclusive a ideia partiu de um jornalista, é a UNESE ser implantada no turno da noite, com o colégio mantendo as aulas no turno diurno normalmente”, disse Augusto.

O deputado também explicou ao governador que, pela ideia, no primeiro momento, levando em consideração o alto custo da implantação de determinados cursos – que exigem laboratórios e equipamentos – e o momento difícil da economia brasileira, a UNESE ofereceria apenas cursos de licenciatura, deixando os cursos de bacharelado para uma segunda etapa do projeto.

Segundo Augusto, estudos comprovam que, até o ano de 2020, a educação em Sergipe vai precisar de novos professores em todas as disciplinas, e a UNESE resolveria o problema. “Como professor, sei da importância deste projeto. Enquanto o povo de Sergipe achar que eu mereço estar na Assembleia, continuarei trabalhando por uma educação pública de qualidade”, disse.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.