Política & Negócios
Por Ascom | 13 de Jan de 2021, 20h58
Banese Card começa 2021 apoiando projetos socioculturais e esportivos
Doação de R$ 70 mil visa incentivar inclusão de mais crianças nos "Orquestra Jovem de Sergipe" e "Brincando na Praça"
Compartilhar

Projeto Orquestra Jovem de Sergipe contempla mais de 150 crianças, adolescentes e jovens

A Sergipe Administradora de Cartões e Serviços - Seac -, empresa do Grupo  Banese que administra o cartão Banese Card e a rede de adquirência TKS, está investindo em projetos socioculturais e esportivos com o intuito de aumentar as oportunidades para crianças, adolescentes e jovens da região dos bairros Santa Maria e 17 de Março, na capital. Os projetos contemplados pela doação de R$ 70 mil são ‘Orquestra Jovem de Sergipe’ e ‘Brincando na Praça’.

“Esperamos que, com as doações, haja ainda mais inclusão social, cultural e esportiva dessas crianças e jovens que participam dos projetos, possibilitando abrir novos caminhos e transformar vidas”, enfatiza Anderson Santana, presidente da Seac. 

O projeto sociocultural Orquestra Jovem de Sergipe contempla mais de 150 crianças, adolescentes e jovens, dos bairros Santa Maria e 17 de março. A doação de R$ 35 mil vai reforçar o principal objetivo que é o de proporcionar a iniciação e o aprimoramento musical por meio do estudo de instrumentos de corda (violino, violoncelo, viola, contrabaixo) percussão, sopro (flauta, flauta doce e flautim), canto coral e musicalização, promovendo um encontro com a música clássica e abrindo portas para a profissionalização.

As aulas presenciais já foram retomadas e são oferecidas tanto individuais, quanto em grupo, de segunda a sexta-feira e com ensaios aos sábados.  Acontecem no Espaço Cuidar, no Centro de Referência da Assistência Social - CRAS - e no Instituto Rahamim, no bairro Santa Maria. 

Já os outros R$ 35 mil são destinados ao incentivo ao esporte por meio do projeto ‘Brincando na Praça’, da Liga RMC de Esportes. A iniciativa promove estudos e pesquisas; campeonatos ou torneio desportivo; programas de inclusão social por meio dos esportes; presta serviços de consultoria; cria programas de formação de atletas de talentos categorias de base e gerencia projetos e obras de construção civil ligadas a Espaços Esportivos.  

Para Anderson Santana, essa iniciativa reforça o compromisso do Banese Card com no apoio às questões sociais tão importantes ao banco e à população sergipana. 

SOCIAL

Para o Banese, o fomento às iniciativas de cunho educacional e alcance social está entre as ações primordiais junto à sociedade sergipana, com inúmeras ações de apoio realizadas a partir das suas empresas relacionadas como a Seac e a Banese Administradora de Seguros, além de ser o escopo de atuação do Instituto Banese, associação mantida pelo banco, responsável pelo Museu da Gente Sergipana, pelo Largo da Gente Sergipana, entre outras iniciativas.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.