ALERTA
Por FAN F1 | 23 de Jan de 2018, 15h11
Canindé entra na lista das áreas de risco da febre amarela
A prefeitura de Canindé não quis falar sobre o assunto
Compartilhar

Canindé alerta contra Febre Amarela

O município de Canindé do São Francisco (SE), a 198 quilômetros da capital, está na lista do Ministério da Saúde com recomendação para vacina contra a febre amarela. Na listagem do MS, dos 5.393 municípios brasileiros, 3.682 devem disponibilizar a vacina aos seus munícipes, 13 têm recomendação parcial para vacinação e em 1.698 não há a necessidade da vacinação. Em Sergipe apenas Canindé está em área de risco.

A prefeitura de Canindé não quis falar sobre o assunto. Informou apenas que irá se reunir com a Secretaria de Estado da Saúde para tratar do assunto.

Mas, de acordo com Sândala Teles, coordenadora do Programa de Imunização de Sergipe da Secretaria de Estado da Saúde, não há motivos para pânico ou alardes. Ela informou que Canindé foi inserida na classificação do MS por estar na divisa de Sergipe com os estados da Bahia e Alagoas onde foi encontrado um caso suspeito em um macaco.

Ela disse que já entrou em contato com o Ministério da Saúde para ver se será preciso vacinar a população. Ela adiantou que as estratégias só serão definidas após o período de carnaval, porque não existem riscos iminentes.

Sândala adiantou que, todos os municípios com mais de 10 mil habitantes têm vacinas contra a febre amarela em estoque para serem aplicadas apenas em viajantes para áreas de risco. As cidades com população inferior aos 10 mil, solicitam a quantidade acompanhada com a lista dos viajantes.

“Não há riscos em Canindé nem em outros locais de Sergipe. Se houvesse, Brasília já teria avisado e adotado as providências necessárias”, salientou a gestora.