Luto
Por | 25 de Nov de 2020, 16h49
Corpo de João Alves será cremado nesta quinta e voltará a Sergipe em forma de cinzas
Ex-governador sergipano morreu aos 79 anos, às 22h dessa terça-feira
Compartilhar

João Alves: dele, virão somente as cinzas para Sergipe

O corpo do ex-governador de Sergipe, João Alves Filho, será cremado amanhã, às 11h, no Crematório Jardim Metropolitano, localizado em Valparaíso de Goiás, no entorno do Distrito Federal, em solenidade restrita à família dele.

O ex-governador sergipano morreu aos 79 anos, às 22h dessa terça-feira, 24 de novembro, no Hospital Sírio Libanês do Distrito Federal.

Apesar de ter contraído o coronavírus nos últimos oito dias, não foi esta a causa da morte do ex-governador João Alves. 

Ele estava há mais de um ano internado em casa, no sistema home care - assistência à saúde no domicílio - como vítima de complicações do Mal de Alzheimer. Estava vegetativo e não reagia nem aos estímulos dos membros da família. 

Na quarta-feira da semana passada, dia 18, João Alves sofreu uma parada cardíaca de 30 minutos. Foi reanimado por uma força-tarefa médica e conduzido a uma UTI do Sírio. Nestes oito dias, foi detectado o contágio pelo coronavírus e ele só piorou, chegando à morte ontem. 

Os restos mortais do ex-governador João Alves Filho, em forma de cinzas, serão transladados para Aracaju somente na segunda-feira 30, com a chegada prevista para às 11h30 no Aeroporto Internacional de Aracaju, no voo 3027/Latam. 

Apesar do estado de degradação da saúde do ex-governador vir se avolumando aos poucos, a confirmação da morte dele causou uma espécie de comoção em Sergipe nesta quarta, eliminando as barreiras das ideologias políticas e quais sombras de divisionismos. 

Pessoas comuns e políticos dos mais variados matizes reconhecem que João foi um divisor de águas em seus três mandatos de governador do Estado e nos dois de prefeito da capital, Aracaju - sobretudo no primeiro.

"Outras informações sobre a recepção dos restos mortais de João Alves Filho em Aracaju serão divulgadas logo que definidas pela família", disse na tarde desta quarta uma nota pública da Assessoria de Comunicação do Gabinete da senadora Maria do Carmo Alves, esposa dele.

 

Ω Quer receber gratuitamente as principais notícias do JLPolítica no seu WhatsApp? Clique aqui.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.