PEDIDO A TEMER
Por Assessoria do Mandato | 22 de Ago de 2017, 21h09
Fábio Reis solicita recurso para abastecimento da região Centro-Sul
O projeto total foi orçado em R$ 85 milhões. “A luta é antiga mas, dando um passo de cada vez, vamos chegar lá”, disse Fábio Reis
Compartilhar
Fábio Reis solicita recurso para abastecimento da região Centro-Sul

Ladeando o presidente Temer, Fábio com o irmão Sérgio Reis, os ministros Mendonça Filho e Antônio Imbassahy, e o deputado Baleia Rossi (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O deputado federal Fábio Reis, PMDB, vice-líder do partido na Câmara dos Deputados, solicitou ao presidente Michel Temer a liberação orçamentária de recursos na ordem de R$ 15 milhões para a realização da primeira etapa da obra de duplicação do abastecimento de água em Lagarto, na Adutora do Piauitinga.

A rede de abastecimento de água de Lagarto foi projetada para 50 mil habitantes. No entanto, a implantação de um campus da Universidade Federal de Sergipe colaborou com o crescimento populacional, que hoje ultrapassa os 100 mil habitantes – 103.188. A rede de abastecimento corre o risco de entrar em colapso a qualquer momento.

Por esse motivo, Fábio Reis desde 2013 luta por esta obra, que ele considera de extrema importância para a cidade e que contará com uma captação, uma Estação de Tratamento de Água – ETA -, uma estação elevatória de água tratada, 46,6km de adutoras, um reservatório de distribuição com capacidade de 2.000 m³ e 14.436 ligações prediais.

O projeto total foi orçado em R$ 85 milhões. “A luta é antiga mas, dando um passo de cada vez, vamos chegar lá”, disse Fábio Reis. “Conseguimos a rede de esgoto de Lagarto, que já está 80% concluída, e agora necessitamos urgentemente da duplicação do abastecimento de água”, frisou o parlamentar.

Para iniciar as obras, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, solicitou que o projeto fosse readequado para ser feito em etapas, e a primeira dela já ter funcionalidade. O governador do Estado, Jackson Barreto, atendeu ao pedido e refez o projeto, com orçamento de R$ 15 milhões para a primeira etapa. O presidente Michel Temer entendeu a importância do projeto e se prontificou a avaliar o quanto antes a liberação do recurso.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.