infraestrutura
Por Governo de Sergipe | 12 de Jan de 2022, 17h12
Governador Belivaldo Chagas vistoria obra do Terminal Rodoviário Luiz Garcia
Compartilhar
Governador Belivaldo Chagas vistoria obra do Terminal Rodoviário Luiz Garcia

Entrega está prevista para julho de 2022, com investimentos de aproximadamente R$ 9 milhões para revitalização e ampliação do prédio histórico

Na manhã desta terça-feira (11), o governador Belivaldo Chagas visitou a obra de reforma do Terminal Rodoviário Luiz Garcia, conhecido como Rodoviária Velha, situado na Praça João XXIII, no coração do centro de Aracaju. Executada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), a revitalização do espaço recebe investimentos de aproximadamente R$ 9 milhões, sendo cerca de R$ 2,5 milhões de recursos do Tesouro do Estado. O ex-governador do Amapá, Gilton Garcia, também acompanhou a visita técnica.

Sendo parte da história da capital sergipana, a região do Terminal Luiz Garcia é de fundamental importância para o centro de Aracaju. “Vamos investir, aproximadamente, R$ 9 milhões para revitalizar e ampliar esse terminal. A Rodoviária Velha  vai virar agora a rodoviária nova, com acessibilidade, realmente, feita com todo carinho, todo cuidado. Aqui, também é um prédio histórico, são 70 anos de existência e já havia necessidade para essa revitalização” destacou o governador.

Com a entrega prevista para o mês de julho, a revitalização trará melhorias e comodidade não apenas para os usuários do transporte intermunicipal, que terão a seu dispor um lugar mais organizado e aconchegante para o embarque e desembarque, mas também para os comerciantes que possuem espaços alocados. “Sem sombra de dúvidas, é uma das grandes obras do governo do Estado, principalmente para o Centro Comercial de Aracaju. Teremos cerca de 50 boxes, entre internos e  externos, e uma revitalização de todo o prédio, mantendo as linhas arquitetônicas modernistas, a exemplo dos pilares e da fachada”, ressaltou Ubirajara Barreto, secretário da Sedurbs, detalhando que, por ser um prédio tombado pelo patrimônio histórico estadual, todas as intervenções foram aprovadas pelos órgãos responsáveis.

Numa equipe formada, também, por mulheres, o canteiro de obras ganha a cara da diversidade ao tempo em que preserva um marco arquitetônico de Aracaju. Para Patrícia Ferreira da Silva, que trabalha na área de pintura, é um sentimento de realização. “Estou aqui há um mês, só de ver a obra, participar da revitalização, é uma grande realização para mim”, disse, destacando que faz parte de uma empresa de engenharia formada inteiramente por mulheres.

Ao todo, já foram executados 56,50% dos serviços da reforma. Atualmente, estão em execução os serviços de pintura de esquadrias, tetos e paredes dos ambientes internos, dos quiosques externos e da estrutura metálica; assim como de drenagem de áreas externas; instalações elétricas; concretagem das baias para embarque/desembarque; instalação de bancadas e pias dos quiosques externos; instalação de forros nos ambientes internos e fabricação da estrutura metálica para cobertura de embarque/desembarque e acessos.

Expectativa

A professora Genilza Dantas Caetano, residente em Pacatuba, vem à capital pelo menos uma vez por mês e aguarda com boas expectativas a entrega da obra. “Quando terminar, trará mais conforto para os usuários que utilizam o transporte que passa pelo terminal. Será uma melhoria, vai ficar mais bonito, mais organizado, oferecendo uma estrutura melhor para a população”, enfatizou.

Já o motoboy Marcos Antônio dos Santos, trabalha na região do terminal e também acredita que a revitalização só trará benefícios não só para o terminal, mas, também, para o seu entorno. “ É uma obra muito importante que vai trazer modernidade e conforto, gerando muito emprego e renda para os trabalhadores formais e informais. Vai ajudar, também, o trânsito, principalmente nas proximidades, facilitando o fluxo para todos”, destacou.

Obra

A reforma contempla a substituição da estrutura metálica, pavimentação em concreto, aplicação de piso em concreto simples e de alta resistência, instalação de gradil em todo o entorno, projeto paisagístico com aplicação de grama verde esmeralda, instalação de plataforma elevatória para acesso ao piso superior, instalação de 14 plataformas de embarque/desembarque com estrutura metálica, 34 quiosques, 18 boxes internos, 05 bilheterias e uma plataforma elevatória.

Complementam os serviços da reforma, novas instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, implantação de Sistema de Combate a Incêndio, de Sistema de Fechado de TV (CFTV), climatização, iluminação das áreas externas, cabeamento estruturado, pavimentação no entorno, sistema de drenagem pluvial e de compatibilização.A empresa responsável pela obra é a GP Engenharia LTDA.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.