LAGARTO
Por Assessoria do parlamentar | 25 de Jan de 2018, 11h37
Gustinho: “Serviços da Deso deixaram ruas esburacadas”
Segundo Gustinho, população reclama e, vez ou outra, responsabiliza indevidamente a Prefeitura
Compartilhar

Deputado se queixou do serviço da Companhia de Saneamento (Foto: César de Oliveira)

O deputado estadual Gustinho Ribeiro (PRP), parceiro da administração do prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC), cobra do diretor-presidente da Deso (Companhia de Saneamento de Sergipe), Carlos Melo, mais atenção nos serviços realizados pela empresa que, segundo o parlamentar, deixaram várias ruas do município completamente esburacadas.

Já foram realizadas reuniões com o prefeito Valmir Monteiro e o diretor-presidente da Deso, Carlos Melo, além de audiências com as partes envolvidas no Ministério Público Estadual e, até o momento, a situação continua crítica. “A Deso fez seus serviços e deixou as crateras abertas em Lagarto”, denuncia o deputado.

Segundo Gustinho Ribeiro, a população do município tem reclamado da quantidade de buracos e, vez ou outra, acaba responsabilizando a prefeitura indevidamente. “As pessoas geralmente não sabem que o serviço executado foi feito pela Deso e que aqueles buracos deixados não são de responsabilidade da prefeitura”.

O deputado foi mais além e cobrou uma ação emergencial da Companhia no município. “Vários serviços de esgotamento da Deso, que foram realizados em Lagarto, deixaram as diversas ruas da cidade esburacadas. Se os serviços precisam ser executados, acho que não custa um contato e uma parceria com a prefeitura municipal. E isso tem que ser feito logo, agora no verão”.

Gustinho finalizou dizendo que o prefeito Valmir Monteiro não pode ser condenado e nem o povo de Lagarto deve ser prejudicado. “O prefeito Valmir Monteiro ter a dura missão de reconstruir uma cidade que ficou abandonada por quatro anos. Já são muitos os problemas a serem resolvidos e não dá para ficar calado vendo a Deso operando e deixando tantos buracos pelas ruas do município”.