Política & Negócios
Por Ascom | 19 de Jan de 2021, 16h19
João Daniel quer informações de Paulo Guedes sobre fechamento de agências do BB
Projeto prevê desativação em todo país de 361 unidades
Compartilhar

João Daniel e parlamentares petistas querem esclarecimento sobre fechamento de agências do Banco do Brasil

O deputado federal João Daniel, PT, encaminhou pedido de informações ao ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o comunicado do Banco do Brasil, referente à desativação em todo país de 361 unidades, sendo 112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimentos, considerando que esta ação atende a um plano do governo federal de se desfazer do patrimônio público, na perspectiva do seu programa de privatização.

A medida trará reflexo negativo para milhões de clientes do banco, desconsiderando a realidade brasileira, a dimensão geográfica do país e a necessidade de manter atendimento presencial para milhares de brasileiros. O requerimento de informações é assinado tabe pelos deputados Érika Kokay, PT/DF, Patrus Ananias, PT/MG, e José Carlos, PT/MA.

A decisão ocorre em meio ao maior agravamento da crise sanitária e econômica vivida pelo país, o que dificultará ainda mais a vida de milhares de funcionários do banco, sobrecarregando toda a rede que restará, a partir das mudanças propostas. O deputado observa que a atuação em plataformas digitais, mesmo sendo estratégica, não pode ser realizada com prejuízos para a rede física e para o atendimento presencial da clientela, considerando a diversidade de perfis dos mais de 70 milhões de clientes do BB.

“A insegurança dessas medidas para o quadro funcional do banco também estão causando tensões pessoais e nas próprias famílias, dada a urgência com que são conclamados a tomar uma decisão. Por isso o nosso pedido de informações”, destacou João Daniel.

No requerimento de informações 30/2021, protocolado nesta segunda-feira, dia 18, os parlamentares questionam qual a proposta de reestruturação proposta pelo Banco do Brasil e os reais objetivos da proposição; quando se darão, efetivamente, a modificações; em quais localidades serão fechados os 361 pontos de atendimento anunciados; qual a população atendida por esses pontos e como ela passará a ser atendida com a implantação da reestruturação.

Além disso, considerando o papel social que o Banco do Brasil representa, qual o reflexo dessa medida na economia das regiões afetadas; qual o número de trabalhadores que serão demitidos e qual o reflexo social e econômico dessa medida sobre os trabalhadores e trabalhadoras e suas famílias; qual o cronograma efetivo com que essas mudanças se darão e como serão administrados os reflexos dessa decisão na Previ e na Cassi; como ficarão os direitos de quem aderir aos programas; em que espaço de tempo essas medidas serão tomadas.

O requerimento quer também informações de como funcionarão as carteiras de crédito rural, nas localidades em que as agências venham a ser fechadas; com relação aos ativos, qual a destinação que se darão aos bens próprios dos pontos as serem fechados; quais as formas do atendimento presencial previstas, diante da diversidade de perfis dos mais de 70 milhões de clientes do banco; além de requerer o estudo que propõe a referida reestruturação.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.