NOSSA SENHORA DA GLÓRIA
Por Agência de Notícias Alese | 19 de Set de 2017, 09h06
Pimentel participa de Seminário sobre Canal de Xingó
Segundo o parlamentar, foi um evento importante, que mobilizou o povo de Canindé de São Francisco e a classe política
Compartilhar

Deputado foi convidado pelo pesidente da Cindra, Valadares Filho (Foto: César de Oliveira)

Ocupou a tribuna  no pequeno expediente na tarde desta segunda- feira, 18, abrindo os trabalhos legislativos, o deputado estadual Luciano Pimentel, PSB, falando sobre sua participação no seminário Desafios e Perspectivas para a Construção do Canal de Xingó, realizado no município de Nossa Senhora da Glória, na última sexta-feira.

De acordo com o deputado Luciano, sua participação no evento atendeu ao convite da Comissão de Integração  Desenvolvimento Regional da Amazônia - Cindra - da Câmara Federal,  contou com a presença do presidente  da CINDRA, o deputado federal Valadares Filho, do senador Antônio Carlos Valadares, além de representantes da Codevasf Nacional e estadual,  prefeitos da Região Agreste, vereadores e lideranças locais.

Luciano Pimentel disse ainda na tribuna que durante o seminário, a Codevasf apresentou projeto que está sendo desenvolvido para o Canal de Xingó e as  etapas que foram desenvolvidas até o momento,  bem como as perspectivas da implantação do referido canal para retenção daquela região.

Segundo o parlamentar, foi um evento importante, que  mobilizou o povo de Canindé de São Francisco, a classe política, no sentido de que  possam ter maior conhecimento do que representa o Canal de Xingó para a economia e o  desenvolvimento de Sergipe e, principalmente, para o desenvolvimento do sertão sergipano.

“Tivemos a oportunidade de conhecer de forma mais detalhada o que está sendo feito e trabalhado pela Codevasf, as licitações de projetos que estão sendo desenvolvidas para que possamos dentro de algum tempo já assistir os resultados desse processo licitatório com a conclusão dessas projetos iniciados para a futura transposição de águas que vem de Paulo Afonso/BA para o Estado de Sergipe, sendo que é uma região onde há maior disponibilidade de água para o atendimento do sertão”, disse Pimentel.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.