JULGAMENTO
Por FAN F1 | 23 de Jan de 2018, 13h06
Por Lula, Márcio Macedo pede sergipanos nas ruas
Ele disse que o Partido dos Trabalhadores espera uma sentença justa
Compartilhar

Márcio Macedo pede mobilização por Lula

O vice-presidente nacional do PT, o ex-deputado federal de Sergipe, Márcio Macedo, apelou aos sergipanos, na manhã desta terça-feira, 23, no Jornal da Fan (Fan FM), para irem às ruas amanhã, 24, dia do julgamento do ex-presidente Lula, demonstrar a indignação como o caso Lula vem sendo conduzido pelo juiz Sérgio Moro. Um ato de protesto está marcado para acontecer a partir das 15h dessa quarta-feira, na Praça General Valadão.

Márcio Macedo disse a Magna Santana – quem vem conduzindo o programa nas férias de George Magalhães – que o processo que julga o ex-presidente é político e não traz nenhuma prova de ilícito penal contra Lula. “É um absurdo! Só tem convicções!” externou Macedo.

Ele disse que o Partido dos Trabalhadores espera uma sentença justa, que na avaliação do PT, é a absolvição do ex-presidente.

Durante a entrevista, Macedo retomou o discurso de que a retirada da ex-presidente Dilma foi um golpe de Estado, feito, pelos militares, como ocorreu em 1964, mas pelo Judiciário e que jogou o país numa crise sem precedentes. “O golpe não foi de coturno, farda nem fuzil dos militares. O fuzil deste golpe foi a batida do martelo e a farda foi a toga”, sentenciou.

O julgamento de Lula será no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em Porto Alegre (RS). Será julgada pelo TRF a condenação do ex-presidente pelo juiz Sérgio Moro em processo da Lava Jato.

Lula foi condenado por Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no valor de R$ 2,2 milhões a 9 anos e 6 meses de prisão. Segundo a denúncia, os valores são correspondentes a um triplex no Guarujá (SP) e suas respectivas reformas no condomínio Solaris, custeadas pela empreiteira OAS.