QUESTIONA
Por Ascom | 23 de Fev de 2018, 08h07
\"Prefeitura de Dores gastou R$ 6 milhões com CCs em 2017\", diz vereador
\"Servidores não concursados e indicados diretamente pelo prefeito\", reclama Fabrício da NettoCred
Compartilhar

Fabrício da NettoCred: farras de CCs em Dores

O vereador Fabrício da NettoCred, líder da oposição, denunciou na sessão de ontem, 21, da Câmara Municipal  de Nossa Senhora das Dores um gasto milionário do prefeito Thiago Santos (PMDB). 

De acordo com ele, somente no primeiro ano da sua gestão, Dr. Thiago gastou R$ 6 milhões com salários pagos aos chamados cargos de comissão, servidores não concursados e indicados diretamente pelo prefeito. 

Enquanto isso, reclamou o vereador, o prefeito alega não ter recursos para pagar o Plano de Cargos e Carreira de Vencimento do servidor de Dores e o piso do magistério. “O impacto do PCCV seria de apenas R$ 54 mil”, garante. 

“Infelizmente o dinheiro do povo de nossa cidade está nas mãos de pessoas irresponsáveis e sem comprometimento com o desenvolvimento, falta compromisso e sensibilidade do gestor para cuidar e administrar bem nossa querida Nossa Senhora das Dores", lamentou o vereador.