PLANOS
Por Ascom | 01 de Jan de 2018, 13h35
Prefeitura discute com empresários atividade industrial de São Cristóvão
Marcos Santa Visitou a Água Mineral Imperial
Compartilhar

Marcos Santana quer indústria forte em São Cristóvão

Diretores da empresa, os irmãos Igor Hora de Lima e Rodrigo Lima Neto contam que solicitaram serviços de coleta de lixo durante a visita de cortesia e elogiaram o comprometimento da gestão.

"A nossa preocupação maior é em relação ao lixo próximo aqui da comunidade. Ele se prontificou a colocar placa e reforçar a coleta pública. A gente já vê uma atitude diferente do prefeito e sua equipe, como o acesso ao loteamento, que era um grande problema e foi resolvido com a pista que está para ser inaugurada. Nossos plenos para 2018 são fazer o processamento de frutas e extração de água de coco aqui. Nossa mão de obra é quase toda daqui. Damos capacitação técnica, treinamento”, afirmaram.

Prefeito negocia chegada de novas indústrias ao município

Na última quinta-feira, 28, o prefeito Marcos Santana visitou a empresa Imperial Água Mineral e tratou da atividade industrial do município. Na ocasião, o gestor informou que iniciou negociações com alguns investidores sergipanos e que existe a possibilidade do grupo Duchas Corona transferir sua unidade de produção para São Cristóvão.

“Fico feliz em conhecer empresas que investem em nosso município e contratam sancristovenses. Estamos negociando com alguns investidores e negociando a vinda da Duchas Corona. Também está em nosso planejamento a construção do Centro Administrativo e do Distrito Industrial”, disse.

Localizada no loteamento Lauro Rocha, a Imperial Água Mineral funciona há 16 anos e emprega 100 funcionários. Desse total, 80% são moradores de São Cristóvão. A unidade produz água mineral, sucos, leite de coco, coco ralado e bebidas mistas e comercializa com estados do Norte, Nordeste e Sudeste.

Água Mineral Imperial funciona há 16 anos em São Cristóvão