RESPEITO A DIVERSIDADE
Por Ascom Governo de Sergipe | 16 de Set de 2017, 07h31
Secretaria de Inclusão articula com Alese implantação do Conselho Estadual LGBT
O objetivo da criação do Conselho é promover a articulação dos órgãos e entidades envolvidos na efetivação de ações e políticas públicas que assegurem a promoção da cidadania e direitos da comunidade LGBT
Compartilhar
Secretaria de Inclusão articula com Alese implantação do Conselho Estadual LGBT

Secretaria de Inclusão articula com Alese implantação do Conselho Estadual LGBT / Fotos: Ascom/Seidh

Para discutir o projeto de Lei que instituirá o Conselho Estadual de Cidadania e Direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, e transexuais – CONLGBT, o coordenador estadual dos Direitos Humanos da Secretaria de Estado da Inclusão Social, João Francisco dos Santos, participou de reunião, com a deputada Ana Lúcia e a presidente da ASTRA, Thatiane Aragão, na Assembleia Legislativa de Sergipe.

O objetivo da criação do Conselho é promover a articulação dos órgãos e entidades envolvidos na efetivação de ações e políticas públicas que assegurem a promoção da cidadania e direitos  da comunidade LGBT. Assim como ocorre com os demais conselhos de direitos que exercem o controle social sobre as áreas da criança e do adolescente, idoso, pessoa com deficiência, mulher, assistência social e segurança alimentar, a Seidh será responsável por fornecer o apoio técnico, administrativo e financeiro necessário ao funcionamento do CONLGBT.

O PL determina que o Conselho deve desenvolver ações transversais e parcerias entre o Governo do Estado e a sociedade Civil, apresentando propostas de políticas públicas com o propósito de combater as discriminações e as desigualdades, em detrimento da orientação sexual e identidade de gênero.

Segundo Thatiane Aragão, que também faz parte da mesa diretora do Conselho Nacional LGBT, foi por saber da urgência que pede a implantação do Conselho LGBT no estado, que a coordenadoria de Direitos Humanos da Seidh preocupou-se em se articular com o legislativo estadual. “Pretendemos articular com a deputada uma forma de acelerar o lançamento do conselho e assim começar a atuar em todos os canais de controle sociais, que produzem boas propostas para a sociedade LGBT no Estado”, disse.

De acordo com João Francisco, Coordenador Estadual dos Direitos Humanos da Seidh, o Conselho LGBT vem sendo planejado desde 2016 e o trabalho agora é para que ele seja efetivamente implantado. “Pretendemos tirar esse projeto do papel ainda este ano. Para isso, articulamos essa reunião com a deputada Ana Lúcia. Com esse apoio legislativo pretendemos adiantar o processo e criar de fato o conselho, tão necessário para a sociedade. Ficamos felizes que a deputada tenha abraçado essa causa”, ressaltou.

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.