NA TRIBUNA
Por Agência Senado | 24 de Out de 2017, 18h01
Vídeo: No Senado, Eduardo Amorim destaca Bienal do Livro de Itabaiana
\"Foi, sem sombra de dúvida, uma oportunidade ímpar para o resgate de diversas manifestações culturais\", discursou
Compartilhar

Senador Eduardo Amorim

O senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) comemorou em Plenário nesta terça-feira (23) o sucesso da quarta bienal do livro de Itabaiana, em Sergipe. A feira literária reuniu, do dia 20 a 22 de outubro, 500 escritores, com idade entre 7 e 70 anos, e um público estimado de 50 mil pessoas.

Segundo explicações do senador, a bienal literária de Itabaiana nasceu do sonho de três amigos de promover a cultura na cidade. Conhecidos por ‘três mosqueteiros’, eles são Carlos Elói, Honorino Júnior e Jamerson Machado.

Eduardo Amorim afirmou que a bienal literária de Itabaiana, a cada edição, recebe um público maior e envolve outros artistas, além dos escritores.

— Esta bienal foi, sem sombra de dúvida, uma oportunidade ímpar para o resgate de diversas manifestações culturais, com apresentações folclóricas, bandas marciais, sinfônicas, além de apresentações musicais de diversos estilos, abrindo oportunidade para que artistas de nossa terra mostrassem o seu talento em três palcos simultâneos.

CONFIRA O DISCURSO DO SENADOR